a carregar...

UC.PT

Antigos Tunos da Universidade de Coimbra

  • Ave Maria - Orquestra dos Antigos Tunos

    Ave Maria - Caccini/Mercurio, pela Orquestra dos Antigos Tunos com direcção artística de Augusto Mesquita e com a colaboração dos cantores Paulo Amador e Fábio Borges. Orquestração de Augusto Mesquita.

  • Balada para un loco - Orquestra de Tangos de Coimbra

    Balada para un loco - Astor Piazzolla, pela Orquestra de Tangos de Coimbra com direcção artística do maestro Augusto Mesquita. Orquestração de Augusto Mesquita.

  • Trova do vento que passa - Orquestra dos Antigos Tunos

    Trova do vento que passa - António Portugal/Manuel Alegre, pela Orquestra dos Antigos Tunos com direcção artística de Augusto Mesquita e com a colaboração dos cantores Paulo Amador e Fábio Borges. Orquestração de Augusto Mesquita.

  • El Ultimo Farol - Orquestra de Tangos de Coimbra

    El Ultimo Farol - Aníbal Troilo, pela Orquestra de Tangos de Coimbra com direcção artística do maestro Augusto Mesquita, com a colaboração do par de dança Miguel&Andreia da Escola de Tango Argentino "Entre Dos". Orquestração de Augusto Mesquita.

  • Jorge Condorcet

    Ilusionista: Jorge Condorcet; Ajudante: Polybio Serra e Silva; Participação especial: Tiago Condorcet; Espectáculo "Venham mais 30", Comemorativo dos 30 anos da Associação dos Antigos Tunos da Universidade de Coimbra (AATUC) e dos 100 anos de Ilusionismo da Família Condorcet

  • Raízes de Coimbra

    Grupo de Guitarra e Canção de Coimbra "Raízes de Coimbra"; Guitarras: Octávio Sérgio e Paulo Alexandre; Violas: Rui Pato e Humberto Matias; Cantores: Heitor Lopes e Mário Rovira

Associação dos Antigos Tunos da Universidade de Coimbra

A Associação dos Antigos Tunos da Universidade de Coimbra, fundada em 1985, é composta por antigos (e alguns actuais) elementos da Tuna Académica da Universidade de Coimbra, exercendo hoje as mais diversas actividades no campo da Docência, do Direito, da Medicina, da Magistratura, da Engenharia, etc. São 40 elementos jovens, entre os 18 e os 80 anos, que executam música pelo prazer de tocar, repartindo-se pela Orquestra dos Antigos Tunos e a Orquestra de Tangos de Coimbra, ambas com a direcção artística do maestro Augusto Mesquita.

São objectivos da Associação a promoção cultural e de melhor entendimento, através da música e outras artes, com todas as pessoas e gentes.

A Orquestra dos Antigos Tunos é uma orquestra que integra instrumentos de cariz erudito (como violinos, violoncelo, flauta e clarinete) e instrumentos de cariz popular (bandolim, guitarra clássica e acordeon) e interpreta diferentes géneros musicais, compreendendo peças de música tradicional, erudita (Shostakovich, Grieg, Dvorak, entre outros) e de bandas sonoras para cinema (Nino Rota e Ennio Morricone).

A Orquestra de Tangos de Coimbra é composta por piano, acordeon, violinos, guitarra clássica e contrabaixo que interpreta uma variedade de tangos desde o clássico argentino de Carlos Gardel ao tango contemporâneo de Astor Piazzola. Os temas cantados contam com a colaboração dos cantores Avelino Correia e Fábio Borges.

Pela divulgação dos valores histórico-culturais e tradicionais de Coimbra e pelo seu trabalho pedagógico-recreativo e sócio-cultural, quase exclusivamente de carácter beneficente, a Associação dos Antigos Tunos da Universidade de Coimbra está reconhecida com Instituição de Utilidade Pública e foi agraciada, em Fevereiro de 1986, com a Ordem de Mérito, por Sua Excelência o Presidente da República.

Em 2004 foi-lhe também concedida a Medalha de Mérito da Cidade de Coimbra.

Ao longo dos seus 30 anos de existência promoveu uma enorme actividade cultural e de solidariedade, através da realização de concertos, que ultrapassam já as quatro centenas, nas mais diversas localidades de Portugal continental, Açores, Madeira, Macau, França, Canadá, EUA, Austrália, Brasil, Luxemburgo e Espanha dedicando especial atenção às Comunidades Portuguesas aí estabelecidas.

aatuclogo