a carregar...

UC.PT

Informações e serviços académicos

Doutoramento em Regime de Cotutela

A saber...

  • Cotutela - regime pelo qual um estudante de doutoramento pode obter o grau de doutor simultaneamente em duas universidades onde existam programas doutorais, com ou sem parte letiva, reconhecidos como congéneres pelas duas instituições.
  • Instituição de origem - aquela em que o doutorando se candidatou e foi admitido.
  • Instituição de acolhimento - aquela em o estudante vai desenvolver parte da investigação e a que pertence o outro orientador da tese.

A Universidade de Coimbra acolhe o regime de cotutela de acordo com o Regulamento do Doutoramento em Regime de Cotutela, o qual define o âmbito de aplicação deste regime na Universidade de Coimbra e as condições para a sua concretização. 

Consulte o Regulamento de Doutoramentos em Cotutela na UC

Âmbito

Estudantes de doutoramento que pretendam obter o grau de doutor simultaneamente por duas universidades, nos termos definidos no referido regulamento.

Condições

  1. Existência de doutoramentos considerados congéneres nas instituições envolvidas.
  2. Confirmação da inscrição do doutorando na instituição de origem.
  3. O doutorando tem de ter dois coorientadores, um de cada uma dessas universidades, e estas têm de assinar um acordo formal por cada estudante, que defina os termos exatos da cotutela.
  4. Realização de um período de trabalho na em cada uma das instituições em que se desenvolve o doutoramento:

O período de trabalho a realizar em cada uma das instituições terá uma duração mínima de um ano letivo (com pelo menos 9 meses de presença efetiva), podendo corresponder a dois semestres intercalados, tendo de decorrer após a assinatura do acordo de cotutela (não pode ser obtido por creditação).

Procedimento

  1. O doutorando manifesta interesse em realizar o seu doutoramento em regime de cotutela ao seu orientador, ou vice-versa.
  2. O orientador e o doutorando elaboram o programa de trabalhos, com a respetiva calendarização, a realizar na universidade parceira, desenvolvendo os contactos necessários para a sua efetivação.
  3. Havendo parecer favorável do coorientador da universidade parceira, o programa de doutoramento reúne as condições previstas no Regulamento de Cotutela acima referido.

Acordo de cotutela

O regime de cotutela efetiva-se mediante a celebração de um acordo prévio entre as instituições parceiras e o doutorando, tendo como referência a minuta anexa ao Regulamento.

  • Este acordo é assinado em português e inglês, sempre que aplicável.

  • O doutorando tem que renovar anualmente a inscrição nas duas instituições: a de origem e a  de acolhimento.

Defesa da tese

O doutorando apresentar-se-á a provas públicas, uma única vez, na instituição que as partes definirem como local de defesa da tese.

As regras relativas a esta defesa, incluindo a constituição e nomeação do júri, constam do acordo de cotutela, de acordo com legislação e regras em vigor na instituição onde ocorre a defesa da tese.

  • O júri deve incluir pelo menos dois professores ou investigadores, nomeados por cada uma das instituições envolvidas.

Diploma

O grau de doutor é conferido pelas duas instituições no ramo de conhecimento em que o doutorando se encontra inscrito, depois da aprovação no ato público de defesa da tese.

Cada instituição emite separadamente o diploma que atesta o grau conferido, de acordo com os seus regulamentos específicos, devendo fazer menção à outra instituição enquanto parceira do doutoramento em cotutela.