a carregar...

UC.PT

Divisão de Projetos e Atividades

SII&DT 3362 FLEXMODULO

Compete 2020/FEDER


Código da Operação: POCI-01-0247-FEDER-003362

Referência: SII&DT 3362 FLEXMODULO

Acrónimo: FLEXMODULO

Título: Produção de tubos de alto módulo de flexão com base em PET

Área Científica: Engenharia Química/Tecnologias dos Materiais/Tecnologias do Ambiente

Síntese do Projeto: Tubos para águas são tipicamente construídos com base em polipropileno ou polietileno com adição de cargas inorgânicas como o carbonato de cálcio (CaCO3). Com este processo, os tubos têm a rigidez necessária mas apresentam desvantagens como uma alta densidade e, sobretudo, deficientes propriedades ao nível do módulo de flexão ? grandeza que mede a resistência dos tubos à flexão. Ao serem enterrados, os tubos acabam por ovalizar com o peso da terra ou mesmo por sofrer rutura de material. Uma maneira de conseguir melhores propriedades mecânicas ao nível da flexão, mantendo a rigidez necessária seria a introdução no processo de fabrico de polietilenotereftalato (PET) em substituição do carbonato. Possuindo módulos de flexão muito mais elevados que o PE e o PP, o PET seria assim uma alternativa para o fabrico deste material. Tal processo não está industrializado, constituindo uma novidade deste projeto. Procuramos, assim, o desenvolvimento de um material composto por PE/PP e PET com as características adequadas ao fabrico de tubos para águas. Não só se procede ao desenvolvimento do material à escala laboratorial e piloto como também o desenvolvimento do processo até à prova do conceito em processos de injeção e extrusão industrial. Para a criação deste material é necessário desenvolver compatibilizantes adequados para vencer a miscibilidade natural dos polímeros. Esta será uma das tarefas principais deste projeto, a par dos estudos de processamento das misturas PE/PP-PET. Uma vantagem adicional da introdução do PET é a de se poder introduzir na formulação PET reciclado, o que torna o projeto mais aliciante do ponto de vista ambiental e económico. O consórcio criado para este projeto reúne as diferentes valências necessárias para o sucesso do projeto: a Componit, que tem uma experiência reconhecida na extrusão de polímeros, nomeadamente PE e PP, e a UC que tem um vasto percurso ao nível da síntese de materiais poliméricos e caracterização termomecânica de materiais.

Investigador Responsável: Doutor Arménio Serra

Programa de Financiamento: PT2020-SII&DT – Copromoção

Instituição Financiadora: Agência Nacional de Inovação, S.A.

Data de início: 01-01-2016

Data de conclusão: 31-12-2018

Instituições participantes no Projeto: Componit, Lda. (Promotor Líder); Universidade de Coimbra

Custo total elegível (EUR): 1.253.599,52€

Apoio financeiro da UE: 960.468,75€

Apoio financeiro público nacional: 293.130,77€

Técnico do Projeto: Vera Gomes

Contacto: 239247015