a carregar...

UC.PT

Divisão de Projetos e Atividades

PTDC/AAG-REC/3839/2014

PTDC


Código da Operação:
POCI-01-0145-FEDER-016757

Acrónimo: PTW

Referência: PTDC/AAG-REC/3839/2014

Título: PTW- Bioferramentas para uma obtenção sustentável de tungsténio, da biodeteção à biolixiviação e biorecuperação

Área Científica: Ciências Biológicas Biologia Microbiana

Síntese do Projeto: As espécies exóticas invasoras (EEI) são um elemento importante das mudanAs matérias-primas e suas aplicações são vitais para a reindustrialização e para a competitividade da Europa, num mundo onde a grande parte dos recursos primários é controlado por um pequeno número de países. O tungsténio (W) é um elemento crítico para a indústria , ocorre apenas em alguns países, sendo Portugal um deles e prevendose o aumento da sua procura no futuro. W pode ocorrer em granulometria fina e disperso nos minérios, sendo por esta razão difícil de extrair por métodos convencionais. Portanto, apenas alguns depósitos minerais que contêm esse elemento foram explorados em Portugal, por vezes, em rejeitados resultantes da transformação de outros minérios.
São, por isso, necessários novos processos para a extração deste elemento, o que está de acordo com as prioridades nacionais da Estratégia de Especialização Inteligente delineada pelo governo PT (ENEI) e da estratégia regional centro (I3S). O mineral alvo do projeto reflete a necessidade europeia de um fornecimento contínuo de minerais para tecnologias avançadas, e está em conformidade com o plano estratégico de implementação da UE sobre matériasprimas (27,11) As bactérias podem ser utilizadas para extrair minerais fazendo uso do seu metabolismo, num processo chamado biolixiviação, ou através da sua capacidade de acumulá-los no interior das células por mecanismos biológicos ativos, promovendo a biomineralização (24). As bactérias também são capazes de interagir com metais por adsorção na sua superfície, por meio de cargas elétricas. Além disso, as bactérias podem também ser geneticamente modificadas, a fim de utilizar os seus sistemas de regulação genética, altamente específicos e sensíveis, para a construção de biosensores específicos (5). Este projecto vai utilizar o resultado de um projeto anterior (Hotmetal FCT-PTDC / MAR /109057/2008)(32) e está em consonância com os objetivos do Compromisso Europeu EIP BioAlminore aprovado, coordenado pelo líder da equipa. O objetivo do projecto é desenvolver novas estratégias de bio-eco-inovação para detectar e extrair tungsténio, um recurso mineral escasso, a partir de escombreiras (depósitos geológicos secundários) ou minérios de baixo teor.

Investigador Responsável: Doutora Paula Vitorino Morais

Programa de Financiamento: PT2020 – SAICT –PTDC/ICDT

Instituição Financiadora: FCT - Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Data de início: 15-08-2016

Data de conclusão: 15-08-2019

Instituições participantes no Projeto: Universidade de Coimbra (Proponente);  Universidade do Porto; EDM - Empresa de Desenvolvimento Mineiro, S.A.

Custo total elegível (EUR): 202.708,00€

Apoio financeiro da UE: 169.016,80€

Apoio financeiro público nacional: 29.311,20€

Técnico do Projeto: Ana Carolina Patrício

Contacto: 239247018