a carregar...

UC.PT

Divisão de Projetos e Atividades

ReNATURE

Centro 2020


Código da Operação: CENTRO-01-0145-FEDER-000007

Referência: SAICT 000007 ReNATURE

Acrónimo: ReNATURE

Título: ReNATURE - Valorização dos Recursos Naturais Endógenos da Região Centro

Área Científica: Multidisciplinar

Síntese do Projeto: No contexto atual, em que Região Centro padece de um desenvolvimento muito diferenciado entre os territórios da faixa litoral e do interior e em que, fruto do caráter ténue de “trabalho em colaboração” em algumas áreas, da falta de organização de alguns setores produtivos (como a pesca e a silvicultura) no que respeita à capacidade de gestão, à inovação e à introdução de novas tecnologias, e da inexistência de modelos de gestão sustentáveis, o património natural da Região Centro tem estado sujeito a um risco de degradação muito acentuado. O efeito destes fatores é ainda mais exacerbado no cenário atual de eventos climatéricos extremos cada vez mais recorrentes, que resultam do período de alterações climáticas que vivenciamos.
Considerando este cenário, é prioritário desenvolver estratégias que permitam valorizar os recursos naturais endógenos da região Centro, não só pela mitigação dos efeitos adversos dos fatores de risco, mas também pelo desenvolvimento de novos produtos associados ao mar, à atividade agrícola e florestal, a uma exploração sustentada dos recursos geológicos e à economia verde, contemplando também a introdução de abordagens inovadoras nos processos ligados ao aproveitamento e transformação dos recursos endógenos naturais otimizando a sua posição nas respetivas cadeias de valor.
Assim, o projeto ReNATURE tem como objetivos prioritários, mitigar os efeitos adversos dos fatores de risco que afetam os recursos naturais endógenos da Região Centro, desenvolver competências ao nível de práticas de exploração sustentável destes recursos, e contribuir para o desenvolvimento de novos produtos e tecnologias, agregando assim valor económico, social e ambiental aos recursos naturais endógenos da Região.
De forma a contemplar a grande maioria dos recursos endógenos naturais da Região Centro, este projeto foi dividido em quatro linhas temáticas, consoante o recurso endógeno a preservar e valorizar: recursos piscícolas e de aquacultura, recursos agrícolas, recursos florestais e recursos geológicos. Contudo, para a correta valorização destes recursos, é necessário entrar em linha de conta com os fatores de risco subjacentes. Apesar dos fatores de risco poderem ser específicos para cada tipo de recurso natural, foram identificadas algumas linhas de ação prioritárias para a Região Centro, e que incluem a avaliação dos efeitos das alterações climáticas, nomeadamente os fogos florestais, das espécies invasoras, das pragas e doenças, e de contaminantes, entre outros fatores.
Num projeto que pretende mapear recursos endógenos afetos a um determinado território geográfico, estratégias de valorização e seus fatores de risco, torna-se fundamental caracterizar a sua dimensão socioeconómica e cultural, dando relevo aos processos sociais subjacentes à relação com esses recursos e que afetam a sua disponibilidade, uso e instabilidade. Em particular, é importante conhecer o lugar dos recursos, seja ou não enquanto serviços de ecossistema, na organização social, económica e cultural local.
Para o efeito, este projeto inclui uma equipa multidisciplinar composta por investigadores com elevado conhecimento e experiência pertencentes a diversas unidades de investigação da Universidade de Coimbra, nomeadamente do Centro de Ecologia Funcional da Universidade de Coimbra (CFE), Centro de Engenharia Mecânica da Universidade de Coimbra (CEMUC), Associação para o Desenvolvimento da Aerodinâmica Industrial (ADAI), Centro de Investigação da Terra e do Espaço da Universidade de Coimbra (CITEUC) e Unidade de I&D “Química-Física Molecular” da Universidade de Coimbra (QFM-UC). Este projeto contribui igualmente para o fortalecimento de algumas das sinergias já existentes entre alguns dos membros da equipa, potenciando a criação de novas colaborações pela existência de recursos humanos que permitirão o desenvolvimento de um programa verdadeiramente integrado em IC&DT em prol da região onde a Universidade de Coimbra se insere, a Região Centro.

Investigador Responsável: Professor Doutor Miguel Pardal

Programa de Financiamento: CENTRO2020 - SAICT - Programas Integrados

Instituição Financiadora: Centro 2020

Data de início: 01-01-2017

Data de conclusão: 31-12-2020

Custo total elegível (EUR): 1.599.990,36€

Apoio financeiro da UE: 1.359.991,81€

Apoio financeiro público nacional: 239.998,55€

Técnico do Projeto: Sara Santos

Contacto: 239247016