a carregar...

UC.PT

Divisão de Projetos e Atividades

SAICTPAC/0011/2015

compete_feder_fct


Código da Operação: POCI-01-0145-FEDER-016426

Acrónimo: Mobiwise

Referência:  SAICTPAC/0011/2015

Título: MobiWise: da sensorização móvel à recomendação de mobilidade

Área Científica: 

Síntese do Projeto: O MobiWise irá construir uma plataforma 5G que incorporará uma infraestrutura de acesso, com sensores, pessoas e veículos, com o objetivo de melhorar a mobilidade urbana, tanto para os seus habitantes como para visitantes. O projeto interligará sensores, pessoas e veículos, e irá usar toda a informação possível para melhorar a mobilidade dos seus utentes, através de uma rede completa e de uma plataforma de serviços de suporte à implantação da Internet das Coisas numa cidade inteligente (ver figura do cenário Anexos 4 - Outros). Serviços específicos incluirão o eco-encaminhamento urbano, o qual requer a obtenção de dados de smartphones, sensores e transportes para escolher os melhores caminhos na cidade, tanto para residentes e trabalhadores com reuniões em diversos locais da cidade, como para turistas que visitam vários locais turísticos. Anteriormente um dos membros do MobiWise (IT) implantou no Porto a BusNet - uma rede veicular urbana com 608 nós, única a nível mundial, a UrbanSense - uma rede de sensores ambientais com 75 nós, e a SenseMyCity - uma plataforma constituída por telemóveis de voluntários que recolhem dados geo-indexados relativos à circulação dos seus utilizadores pela cidade. Os membros UC e IT têm grande experiência e trabalho anterior na área da computação em nuvem com mobilidade e redes definidas por software (SDN), assim como gestão de dados. Finalmente, a experiência do TEMA relativamente a impactos de sistemas de transporte (congestionamento, consumo, emissões) será muito relevante para avaliar o impacto global da plataforma. O MobiWise irá estudar e integrar diferentes tipos de tecnologias e redes numa mesma infraestrutura com suporte a mobilidade, serviços e aplicações facultados através de uma nuvem distribuída, sendo explorada a virtualização via SDN e a gestão dinâmica de informação, recursos e serviços. Tanto a rede como os dados recolhidos serão protegidos. A representação e análise de dados massivos será vital para os serviços e aplicações nos pilotos reais, os quais irão analisar múltiplos indicadores para propor rotas mais ecológicas. O projeto irá usar e melhorar uma plataforma que já é atualmente única ao nível mundial e irá ter um impacto social relevante, melhorando o ambiente urbano e a qualidade de vida dos seus cidadãos. A plataforma final irá inovar nos domínios da tecnologia, demonstração e aplicações, nos quais já estão identificados vários interlocutores interessados (empresas e municípios): produtos relacionados com tecnologias de redes de acesso e de core, processamento e mining de dados e as aplicações desenvolvidas. Estes produtos concretizarão aplicações para as cidades inteligentes e irão manter instituições e empresas envolvidas na linha da frente da investigação e da exploração tecnológica. Mais ainda, pretende-se levar esta linha de ação a outras cidades, havendo já contactos com Aveiro e Águeda e, no estrangeiro, em S. Francisco, Barcelona e Singapura.

Investigador Responsável: Doutora Marília Pascoal Curado

Programa de Financiamento: PT2020 – SAICT – PAC

Instituição Financiadora: Instituto de Telecomunicações

Data de início: 09-01-2017

Data de conclusão: 08-01-2020

Instituições participantes no Projeto: Universidade de Coimbra (parceiro); Instituto de Telecomunicações (proponente); Universidade de Aveiro (parceiro)

Custo total elegível (EUR): 2.454.860,34€

Apoio financeiro da UE: 2.014.985,55€

Apoio financeiro público nacional: 355.585,69€

Técnico do Projeto: Ana Lopes

Contacto: 239247017