Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Mickael de Oliveira

Veja aqui a sugestão de Mickael de Oliveira, Antigo Estudante da FLUC e membro nº 23863 da Rede UC.

TEATRO

Cassandra


Cassandra de Cão Danado.

Mickael de Oliveira nasceu em 1984 na cidade de Paris e vive em Portugal desde 1999. É licenciado e mestre em Estudos Artísticos – Variante Teatro, pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC) e está a finalizar o seu doutoramento na área da dramaturgia contemporânea portuguesa e europeia, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Escreve para teatro desde 2004, desenvolvendo simultaneamente um trabalho de encenação em Coimbra, no TAGV, o qual deixou para se dedicar exclusivamente à escrita. Co-fundou o Colectivo 84 em 2008, para o qual escreve. Tem colaborado igualmente com outras companhias como a Cão Danado (Braga, Nuno M. Cardoso) e a Teatro Nova Europa (Porto, Luís Mestre). O seu percurso foi galardoado recebendo, em 2007, o Prémio Nova Dramaturgia Maria Matos e a Menção Honrosa do Prémio Luso-Brasileiro António José da Silva. É autor de uma dezena de textos, entre os quais, os mais recentes: Hipólito – monólogo masculino sobre a perplexidade, 70KG, Monólogos e Materiais para o espectáculo Velocidade Máxima, Só os idiotas querem ser radicais, Textos para apocalipses para o espectáculo Morro como país, baseado no texto de Dimítris Dimitriádis. O seu penúltimo texto Horror ou breve estudo sobre a paralisia, (nomeado para o prémio de Melhor Texto de Teatro Representado em 2011, pela Sociedade Portuguesa de Autores e RTP), foi encenado por John Romão e co-produzido e apresentado no Teatro Nacional D. Maria II (Lisboa) em Junho de 2011. O seu mais recente trabalho, Boris Yeltsin, foi encenado por Nuno M. Cardoso e co-produzido e apresentado pelo São Luiz Teatro Municipal, em Março de 2012.

Vários dos seus textos estão traduzidos para francês, inglês, castelhano, eslovaco, tendo sido montadas várias leituras em França, Bélgica e em Genebra.

É director artístico do festival de dramaturgia contemporânea em Portugal - Encontros de Novas Dramaturgias Contemporâneas, que teve lugar no São Luiz Teatro Municipal (Lisboa) em Novembro de 2010 e Director-Adjunto do Teatro Académico de Gil Vicente desde 2011.