a carregar...

Rede UC

José Niza

José Niza

A Universidade de Coimbra está mais pobre. O país está de luto e a música portuguesa perdeu um dos seus grandes nomes. José Manuel Niza Antunes Mendes, partiu na madrugada de dia 23, no dealbar do Outono, aos 73 anos. Nasceu em Lisboa ao dia 16 do mesmo mês que o levou irremediavelmente para longe de nós, Setembro. Dedicou a sua vida à Medicina e à música, foi compositor, produtor e ex-deputado socialista. A música foi, sem grandes dúvidas, a sua mais genuína paixão, mas a Medicina foi a profissão que escolheu logo aos 17 anos. Idade em que deixou Santarém para entrar em Medicina, na Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra - FMUC. Foi também na nossa cidade, que este Ilustre Antigo Estudante da nossa Rede, se iniciou na música, através do fado. Foi aqui que conheceu José Cid, Proença de Carvalho, Joaquim Caixeiro e Rui Ressureição. Juntos fundaram a Orquestra Ligeira do Orfeon Académico de Coimbra. Em 2010, aquando da 4ª Gala da Rede dos Antigos Estudantes da UC, deram-nos a oportunidade e o privilégio de os ver de novo juntos em cima do palco, 50 anos depois da primeira vez (veja abaixo). José Niza venceu quatro festivais RTP da Canção e foi autor da letra “E Depois do Adeus”, interpretada por Paulo de Carvalho e que para Portugal estará para sempre ligada à Revolução de 25 de Abril de 1974. Depois da Revolução dos Cravos, foi também director de programas da RTP, função que lhe possibilitou ser responsável pela compra da primeira telenovela pela televisão pública, “Gabriela Cravo e Canela”. Na sua acção como deputado colaborou em muitos e variados diplomas, tais como: o Código dos Direitos de Autor, Lei da Protecção da Música Portuguesa, a Redução do Imposto sobre a importação de instrumentos musicais, entre muitos outros aos quais estará para sempre ligado. 

Autor de diversas canções conhecidas, José Niza viu as suas músicas cantadas por Paulo de Carvalho, Carlos do Carmo, Carlos Mendes, Vitorino e tantos outros. Era indubitavelmente um homem multifacetado. Músico na vida e na obra, deixou-nos, mas o seu legado musical e político jamais nos permitirá esquecê-lo.

Foram de facto nobres a vida e a obra deste Antigo Estudante.

Até Sempre José Niza!

Notícia Cultura SIC 8 Março 2010