a carregar...

UC.PT

Arquivo da Universidade

Projectos

1. Digitalizar para divulgar e preservar o conhecimento

Apoios:POSC - Programa Operacional Sociedade do Conhecimento
Colaboração:
Arquivo Distrital do Porto
Resumo:

Este projeto, que teve início em 2006, tem por objetivos:

Digitalização de registos paroquiais e sua disponibilização on-line.
Em curso, o processo de digitalização de livros paroquias manuscritos (aprox. 13 500 livros) com registos de batismo, casamento e óbitos, distribuídos da seguinte maneira: 19.050 metros de microfilme (35mm) e 75 metros lineares de livros.

Aquisição de equipamento informático que irá permitir, a posteriori, a digitalização e divulgação dos demais acervos do AUC.

Aquisição e implementação da aplicação de Descrição Arquivística DIGITARQ.
Através de um protocolo realizado entre a Universidade de Coimbra e o Arquivo Distrital do Porto, foi cedida ao Arquivo da Universidade de Coimbra a aplicação de Descrição Arquivística DIGITARQ, que permite descrever os fundos segundo as normas ISAD(G) e ISAAR (CPF) e associar a essa descrição as imagens provenientes do processo de digitalização. Entre outras funcionalidades, esta aplicação permite:

  1. Acesso à descrição arquivística dos documentos com base nas normas ISAD(G) e ISAAR (CPF);
  2. Acesso às imagens dos documentos digitalizados;
  3. Acesso à informação através de ferramentas de pesquisa básica e avançada.

Nova página web do Arquivo da Universidade.
Criação de um site web dinâmico com um interface versátil e intuitivo que, para além da informação institucional, permita a divulgação de múltiplos conteúdos, nomeadamente registos paroquiais e notariais.

O projeto conta com a colaboração do Assessor Principal Júlio Ramos e da Técnica Superior Gracinda Guedes. A coordenação informática está a cargo da Eng. Gina Costa.

2. Diversidade fúngica em documentos históricos. Identificação molecular e implementação de estratégias de controlo para a preservação do património arquivístico

Colaboração:
Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC)
Resumo:

Dando continuidade ao "Projecto Mycoarchive" (vd. Rua Larga,19, Janeiro, 2008), a Universidade de Coimbra/Arquivo da Universidade participou na proposta do projecto "Diversidade fúngica em documentos históricos. Identificação molecular e implementação de estratégias de controlo para a preservação do património arquivístico", elaborada em parceria com a Faculdade de Ciências e Tecnologia.

Aprovado, e classificado com Excelente, pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, tem como investigadores responsáveis o Doutor António Manuel Santos Carriço Portugal, da FCTUC, e do Arquivo da Universidade, a Diretora. Como colaboradora a Assessora Principal Ana Maria Leitão Bandeira.

O principal objetivo é fazer o levantamento, identificação e controlo de fungos infetantes de diversos documentos de pergaminho, papel e outros suportes, medievais e modernos.

Projeto pioneiro.

3. Causas de corrosão e metodologias de conservação de selos de chumbo pendentes de pergaminhos do Arquivo da Universidade de Coimbra

Apoios:Reitoria da UC
Colaboração:
Departamento de Química, Laboratorio di Conservazioni e restauro dei sigilli dell Archivio Segreto Vaticano
Resumo:

Por proposta do AUC e apoio decisivo da Reitoria (Vice-Reitor senhor Professor António Gomes Martins), teve início em 2005, com a colaboração do Departamento de Química, o trabalho de avaliação, identificação e inventariação das espécies sigilográficas conducente ao projeto em epígrafe aprovado em 2007 por um painel de investigadores internacional que o classificou como prioritário e excelente.

Este trabalho esteve a cargo da química Catarina Isabel Aguiar dos Santos acompanhado no arquivo pelo Assessor Principal Abilio Queirós.

O investigador responsável é o Prof. Doutor António Manuel Rocha Gonçalves.

É de destacar que até ao momento foi possível inventariar cerca de 200 selos de chumbo papais cronologicamente do século XII (Lúcio II) ao século XVIII (Bento XIV). Há ainda alguns exemplares régios.

Muitos já foram objeto de limpeza eletrolítica, tratamento com polímero e de proteção da superfície e dos cordões.

O projeto durará cerca de três anos e foi aprovado por um júri internacional com a classificação de Excelente e Prioritário.

Projeto pioneiro.