Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Joaquim Mendes dos Remédios, 1867-1932

Joaquim Mendes dos Remédios nasceu em Nisa, distrito de Portalegre, em 21 de Setembro de 1867, vindo a falecer em Santo Varão, concelho de Montemor-o-Velho, em 30 de Setembro de 1932. Fez os preparatórios no Liceu de Portalegre, matriculou-se na Universidade de Coimbra, no primeiro ano de Teologia, em 15 de Outubro de 1888, licenciando-se em 1894. Doutorou-se em 1895 e, em 1896, é nomeado professor da Faculdade de Teologia. Com a criação da Faculdade de Letras em 1911 – de que foi Director (1925-1930) e bibliotecário (1911-1925) –, aí veio a reger as cadeiras de Literatura Portuguesa, Filologia Portuguesa e Hebreu. Fundou as revistas Biblos e o Boletim do Instituto Alemão, sendo responsável pela criação dos Cursos de Férias, ainda hoje em funcionamento. Entre 1911-1913 e 1918-1919 ocupou o cargo de Reitor da Universidade de Coimbra, tendo fundado, em 1912, a Revista da Universidade.

Foi director interino da Biblioteca Geral da Universidade entre 1900 e 1911, e director efectivo, entre 1911 e 1913, apesar de, ainda em 1911, em virtude das suas funções de Reitor, ter sido substituído interinamente pelo Doutor Francisco Martins. Como Director da Biblioteca “a ele se deve a organização da colecção de numismática, dos gabinetes dos Cimélios e de Super-Libros e Ex-Libris, a fundação do 'Arquivo Bibliográfico da Biblioteca', a remodelação dos serviços de catalogação, o levantamento de um plano de alargamento e ampliação dos edifícios da Biblioteca, já então acanhados e insuficientes.”

Autor de vasta bibliografia, publicou, entre outros, Pátria e família (Coimbra, 1891), Os judeus em Portugal (Coimbra, 1895), Moedas romanas da Biblioteca da Universidade de Coimbra (Coimbra, 1905), Os judeus portugueses em Amsterdam (Coimbra, 1911), A Universidade de Coimbra perante a nova reforma dos estudos (Coimbra, 1912). Dirigiu, desde 1898, a colecção Subsídios para Estudo da Literatura Portuguesa, onde publicou numerosos trabalhos da sua autoria Sócio efectivo de O Instituto de Coimbra, foi ainda vogal do Conselho Superior de Instrução Pública.

Bibliografia

Costa, João da Providência – Dr. J. Mendes dos Remédios: (1867-1932). Coimbra: Imprensa da Universidade, 1934.

Memoria Professorum Universitatis Conimbrigensis : 1772-1937. Coimbra: Arquivo da Universidade, 1992.

Morais, Francisco – Reitores da Universidade de Coimbra. Coimbra: Tertúlia Académica, 1951.

PP – AUC. FD: Universidade de Coimbra, SR: Folhas de ordenados e vencimentos, 1900-1913.