Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Pedro de Mariz, 1550?-1615

Nasceu em Coimbra por volta de 1550 e faleceu em Lisboa a 24 de Novembro de 1615. Presbítero e bacharel em Cânones, foi corrector na tipografia do seu pai, António de Mariz, notável impressor régio da Universidade de Coimbra.

Nomeado Guarda-Mór da Livraria do Estudo em 1602, foi incumbido pelo reitor Afonso Furtado de Mendonça de mandar vir livros de Veneza e de outras terras, diligência que ele satisfez gastando quinhentos mil reis. Desconhece-se até que data permaneceu no cargo. Interessou-se por história e por poesia. A sua principal obra intitula-se Diálogos de vária história em que sumariamente se referem muitas coisas antigas. (Coimbra : António de Mariz, 1594), sendo o primeiro a publicar, com as vidas dos monarcas lusos, os seus respectivos retratos. Igualmente publicou a História do bem-aventurado São João de Sahagun.(Lisboa : António Álvares, 1609) e a História admirável do santíssimo milagre de Santarém... (Lisboa : Pedro Craesbeeck, 1612), deixando outras obras em manuscrito. Deve-se ainda a Pedro de Mariz o primeiro esboço de uma biografia de Camões, trinta e três anos depois da morte do poeta, que acompanha a edição de Os Lusíadas comentada por Manuel Correia (Lisboa : Pedro Craesbeek, 1613).

Bibliografia

CARVALHO, J. M. Teixeira - Pedro de Mariz e a Livraria da Universidade de Coimbra. Boletim bibliográfico da Biblioteca da Universidade de Coimbra. 1 (1914), 389-398.