a carregar...

UC.PT

Biblioteca Geral

Mensagem do Diretor

Diretor da BGUC

Prezado/a Leitor/a, Investigador/a

A Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra é a maior e a mais rica biblioteca universitária de todo o mundo lusófono, repartindo-se atualmente por dois edifícios: a Biblioteca Joanina, acabada de construir em 1728, e o edifício principal, que entrou em funcionamento pleno no ano de 1962.

Por junto, a Biblioteca tem à sua guarda um vasto acervo, composto por documentos de vário tipo como manuscritos, mapas, publicações periódicas e livros, alguns dos quais de valor inestimável, num cômputo geral que se aproxima rapidamente dos dois milhões.

Dirigidos essencialmente à comunidade académica, os nossos serviços compreendem vários espaços de leitura (alguns dos quais reservados apenas a investigadores). Dispomos ainda de um serviço de empréstimo interbibliotecas que permite o acesso do leitor a obras que se encontram em outras instituições congéneres, nacionais e estrangeiras e que podem ser facultadas nas nossas instalações.

Em sintonia com a estratégia da Universidade, a Biblioteca Geral encontra-se empenhada em melhorar continuamente os seus procedimentos, no sentido de facilitar o acesso dos nossos leitores aos livros e documentos que procuram. Nesse sentido, A Biblioteca declara-se muito interessada em receber dos seus utentes propostas e sugestões de melhoria.

Na sequência de todos os ilustres colegas que me precederam no exercício deste cargo, também eu me declaro gostosamente decidido a manter e aumentar o prestígio e a eficácia da instituição que dirijo, contando, para isso, com a ajuda de todos os funcionários que diariamente aqui trabalham no limite do seu zelo e da sua competência.

Com a consciência de algumas limitações de circunstância e de estrutura mas com franco sentido de acolhimento, quero colocar-me ao seu dispor para o que julgue necessário, na expetativa, sempre renovada, de que a Biblioteca que escolheu para trabalhar possa corresponder às suas aspirações e necessidades.

Pede que aceite saudações muito cordiais

o

José Augusto Cardoso Bernardes

(Diretor da Biblioteca Geral)