Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Candidatura, documentos e seriação

Nesta página vai encontrar os prazos de candidatura (1º ciclo e mestrado integrado) e de divulgação dos resultados, bem como a lista de documentos que deve juntar à sua candidatura a efetuar online (ver abaixo ligação para a plataforma de candidaturas a seguir à lista de documentos).

Encontrará também informação sobre a forma como as candidaturas serão seriadas (ordenadas).

Ano letivo 2019/2020


1ª Fase/Candidatura

  • Período de candidatura: 17 de dezembro de 2018 a 22 de janeiro de 2019
  • Divulgação dos resultados: 5 de fevereiro de 2019
  • Matrícula e inscrição: 6 a 20 de fevereiro de 2019

2.ª Fase/ Candidatura

  • Período de candidatura: 11 de março a 19 de abril de 2019
  • Divulgação dos resultados: 30 de abril de 2019
  • Matrícula e inscrição: 2 a 17 de maio de 2019

3.ª Fase/ Candidatura:

  • Período de candidatura: 17 de junho a 19 de julho de 2019
  • Divulgação dos resultados: 31 de julho de 2019
  • Matrícula e inscrição: 1 a 14 de agosto de 2019

Lista de documentos

1. Fotocópia simples do documento de identificação;

2. Auto-declaração*, sob compromisso de honra, de que o candidato não tem nacionalidade portuguesa, nem está abrangido por nenhuma das condições que impedem a candidatura a este concurso e de que está na posse dos pré-requisitos, caso sejam exigidos;

3. Diploma DEPLE (Diploma Elementar de Português Língua Estrangeira) ou certificado B1 emitido pela FLUC (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra) ou auto-declaração* do nível B1 de domínio da língua portuguesa (OBRIGATÓRIO sempre que o candidato não tenha frequentado o ensino secundário em língua portuguesa mas tenha ou considere ter o nível B1);

4. Diploma DIPLE (Diploma Intermédio de Português Língua Estrangeira) ou certificado B2 emitido pela FLUC (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra). (OBRIGATÓRIO sempre que o candidato não tenha frequentado o ensino secundário em língua portuguesa mas tenha o nível B2 de domínio da língua portuguesa);

5. Documento comprovativo da conclusão do ensino secundário português (ou equivalente) ou documento comprovativo da conclusão do ensino médio ou de outra habilitação de acesso ao ensino superior no país de origem;

6. Captura de imagem de sua tela ("print-screen/ screen-shot") com as classificações obtidas no ENEM, no caso do Brasil. (OBRIGATÓRIO nos casos em que é aplicável);

7. Documento comprovativo das classificações obtidas no ENEM, no A-Level, no International Baccalaureate, no Gaokao, Liankao ou nos exames finais (Ficha ENES) do ensino secundário português correspondentes às provas de ingresso para os titulares de ensino secundário português ou para os titulares de um ensino secundário estrangeiro que realizaram aquelas provas como candidatos autopropostos. (OBRIGATÓRIO nos casos em que é aplicável);

Os documentos referidos nos pontos 5, 6 e 7 devem ser traduzidos sempre que não forem emitidos em português, inglês, francês ou espanhol. Todos devem ser visados pelo serviço consular ou apresentados com a aposição da Apostila de Haia pela autoridade competente do Estado de onde é originário o documento.

* os modelos das diferentes declarações estão disponíveis na plataforma de candidaturas.



Efetuar candidatura

»» Ligação para plataforma de candidaturas online da Universidade de Coimbra

Esta ligação abrirá numa nova página chamada InforEstud@nte - UC. Deverá criar um registo nessa página antes de entrar na plataforma.

No final da candidatura, ser-lhe-á pedido que efetue um pagamento. Verifique nesta página de que formas ele pode ser feito.

Se tiver dúvidas, contacte-nos.

Seriação/ ordenação das candidaturas

1. A ordenação dos candidatos a cada ciclo de estudos (curso) é feita por ordem decrescente da classificação (nota) final.

2. A classificação final corresponde à soma das classificações obtidas nas provas de ingresso realizadas, multiplicadas pela respetiva ponderação:

a) Titulares do ENEM: (soma das classificações obtidas nas provas, multiplicadas pelo respetivo peso/100) x 200/1000 (cf. anexo I.2 e III.1, Regul. do Concurso Especial de acesso e ingresso do estudante internacional na UC); 

b) Titulares do ensino secundário português ou candidatos que realizaram as provas de ingresso: soma das classificações obtidas nas provas realizadas multiplicadas pelo respetivo peso (cf. anexo I.1 do Regul. do Concurso Especial de acesso e ingresso do estudante internacional na UC);

c) Titulares do A-Level: média das três melhores classificações após conversão para a escala portuguesa de 0-200.

Voltar à página principal

Ver outras oportunidades de estudo (mestrado, doutoramento, investigação e mobilidade)