Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO
VERSÃO BETA

Calendário de Candidaturas 2018/2019

Nesta página irá encontrar o  cronograma de ações de candidaturas pelo regime de Mudança de Par Instituição/Curso dos ciclos de estudo de Licenciatura e Mestrado Integrado da Faculdade de Ciências e Tecnologia desde a publicação das vagas até à data de matrícula e inscrição.

Antes de realizar a candidatura deve consultar as vagas disponibilizadas em cada fase.



2ª Fase

Publicação das vagas (mínimo por fase)
até 01 de junho
Prazo de candidatura 01 de junho a 16 de agosto
Validação das candidaturas
17 a 31 de agosto
Seriação das candidaturas e atribuição de creditações 03 a 07 de setembro
Disponibilização das listas de seriação provisórias pelos avaliadores *
10 de setembro
Audiência Prévia 11 a 25 de setembro
Disponibilização das listas de seriação definitivas pela Direção das UO´s **
26 de setembro
Matricula/ Inscrição*** 27 de setembro a 4 de outubro
Tome nota:
* A data aqui apresentada é a data prevista para divulgação dos resultados. No entanto, esta data pode sofrer algumas oscilações. Os candidatos com a candidatura validada recebem uma notificação automática com a indicação do resultado no dia em que a lista de seriação provisória é disponibilizada.
** A divulgação da lista de seriação definitiva está dependente da divulgação da lista de seriação provisória, uma vez que só pode ser disponibilizada depois de decorridos dez dias úteis.
*** Se a lista de seriação definitiva for disponibilizada em data posterior à data de matrícula e inscrição indicada, os candidatos colocados serão notificados com a indicação de um novo prazo de matrícula e inscrição no curso.
Mais informação...
Clique para mais informação...Cursos e Avisos de Abertura
Clique para mais informação...Vagas disponíveis para candidatura em cada fase

Atenção: Os candidatos "não colocados" ou "colocados" que não realizaram a matrícula e inscrição no curso têm a opção de transitar a candidatura para nova fase, caso exista. Os candidatos com a candidatura "invalidada" ou "não admitida", caso pretendam efetuar a candidatura numa fase posterior, deverão realizar nova candidatura pagando o emolumento correspondente.