loading...

UC.PT

Centro de Investigação do Núcleo de Estudos e Intervenção Cognitivo-Comportamental

Escala da Necessidade de Competição para Evitar a Inferioridade

Title of the Portuguese version: Escala da Necessidade de Competição para Evitar a Inferioridade
Authors and date of the Portuguese version: Cláudia Ferreira, José Pinto Gouveia & Cristiana Duarte, 2011
Title of the original version: Striving to Avoid Inferiority Scale - SAIS
Authors and date of the original version: Gilbert, P., Broomhead, C., Irons, C., McEwan, K., Bellew, R., Mills, A., Gale, C., & Knibb, R., 2007
Items and dimensions assessed: A escala original é constituída por três partes. A primeira parte da SAIS, inclui dois factores (striving inseguro e non-striving seguro), e é composta por 32 itens, os quais descrevem o modo como os sujeitos pensam e se sentem acerca da necessidade de se esforçarem e competirem na vida; O participante é solicitado a responder numa escala tipo Likert de 5 pontos (de 0 = nunca a 4 = sempre) o grau da sua concordância com cada uma das afirmações. A segunda parte da SAIS, constituída por 11 itens, tem como objectivo avaliar as motivações e/ou necessidades pelas quais as pessoas se sentem sob pressão para competir e evitar a inferioridade. Nesta secção são avaliadas três dimensões: i) medo de fracassar, isto é, de não avançar na vida, perder oportunidades, e ficar para trás, constituído por 3 itens; ii) medo de uma exclusão passiva, isto é, “ser passado para trás”, com 4 itens; e iii) rejeição activa, a qual envolve sentimentos de vergonha e medo da rejeição, com 4 itens. As respostas dos participantes aos itens são dadas numa escala de Likert de 10 pontos que variam de não concordo a concordo completamente. A terceira parte da SAIS é constituída por um conjunto de 10 itens que avaliam atitudes face à competição: i) o evitamento de situações de competição ou medo de falhar na competição (e.g., “Se fosse possível, evitaria competir com os outros”); ii) a procura ou satisfação retirada da competição (e.g., “Gosto de me pôr à prova, competindo com os outros”). Cada item é respondido segundo uma escala de Likert de 5 pontos (0 = nunca; 4 = sempre).

Bibliographic references of the Portuguese and the original versions:  

- Bellew, R., Gilbert, P. Mills, A., McEwan, K., & Gale, C. (2006). Eating attitudes and striving to avoid inferiority. Eating Disorders, 14, 313-322. doi:10.1080/10640260600796242
- Gilbert, P., Broomhead, C., Irons, C., McEwan, K., Bellew, R., Mills, A., Gale, C., & Knibb, R. (2007). Development of a striving to avoid inferiority scale. British Journal of Social Psychology, 46, 633-648. doi:10.1348/014466606X157789
- Ferreira, C., Pinto-Gouveia, J., & Duarte, C. (2011). A necessidade de competir para evitar a inferioridade: Estudos de validação da versão portuguesa da SAIS. Psychologica, 54, 5-34.

Contacts of the Portuguese version Authors: Cláudia Ferreira (claudiaferreira@fpce.uc.pt)