Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Investigadores da FCTUC e do INESC Coimbra desenvolvem aplicação para ajudar cidadãos a comunicar local onde ocorre um fogo florestal

3 dezembro
Alberto Cardoso e Cidália Fonte
Alberto Cardoso e Cidália Fonte
© DR

Uma equipa de investigadores da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) e do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores de Coimbra (INESC Coimbra) está a desenvolver uma aplicação (app) que permite comunicar em tempo real a localização de um foco de incêndio florestal.

A principal novidade deste projeto - FireLoc - é que o utilizador da app, ao observar esse foco de incêndio (de preferência, na fase inicial), aponte a câmara do telemóvel para o local e tire uma foto. Nesse preciso momento o sistema obterá automaticamente as coordenadas do local onde o utilizador se encontra, a sua orientação e permitirá ao utilizador disponibilizar mais alguns dados adicionais que ajudem o sistema na validação da informação.

Após a receção, explica o co-investigador Alberto Cardoso, “o programa fará a avaliação e validação da informação através de um algoritmo baseado em inteligência artificial”.

Efetuado este trabalho, a plataforma trabalhará os dados de forma a disponibilizar a informação às autoridades de Proteção Civil. Pretende-se “que as autoridades tenham acesso à localização exata de um fogo e, desta forma, tenham a máxima informação para um combate mais rápido às chamas”, afirma a investigadora responsável, Cidália Fonte.

 “O objetivo é que o FireLoc esteja disponível para todos os cidadãos em 2021”, adianta a investigadora.

A equipa é composta por investigadores do INESC Coimbra, do Departamento de Matemática e do Departamento de Engenharia Informática da FCTUC e do Centro de Informática e Sistemas da Universidade de Coimbra.

Mais informações sobre o projeto FireLoc, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), podem ser encontradas no website do projeto em www.fireloc.org.