a carregar...

UC.PT

Departamento de Arquitectura

Associação de Estudantes

NUDA - AAC

NUDA - AAC

O Núcleo de Estudantes de Arquitetura (NUDA) do Departamento de Arquitetura (DArq) da Universidade de Coimbra surge em 1997-1998 com o objetivo de dinamizar o Darq com actividades que estimulem os estudantes  intelectualmente e aumentem o seu interesse em áreas relacionadas com o meio profissional. Durante os últimos anos, foram realizadas várias atividades como ciclos de cinema, exposições, ciclos de conversas, conferências,  concurso de fotografia, feiras do livro, feira dos materiais, existindo sempre uma grande participação dos alunos. Destas iniciativas é de salientar em 2005 a organização de uma “feira de arquitetura”, intitulada darq_reboot, que  consistiu numa mesa redonda sobre escolas de arquitetura e sua identidade, seguida de um jantar e convívio. Outro objetivo do NUDA é promover uma boa relação entre os alunos do departamento e por isso, organiza variados  convívios em que coexistem alunos e professores estreitando a relação entre estes. No aniversário dos 20 anos do Darq, em 2009, o NUDA organizou a comemoração com os antigos e actuais alunos, professores e funcionários, cujo  programa, para além do almoço, consistiu na organização de uma exposição e um concerto. O NUDA também tem o dever de lutar pelos direitos dos alunos do Darq, sendo sua obrigação fazer com que a voz dos estudantes seja  ouvida pela Associação Académica de Coimbra. Um exemplo disso são os plenários realizados durante o ano em que os estudantes expõem os problemas do Departamento de Arquitetura e propõem actividades a realizar.

Logotipo - NUDA ( claro)

Revista NU

A Revista NU surge no ano letivo de 2001-2002, integrada no programa de objetivos do NUDA, o Núcleo de Estudantes do Departamento de Arquitetura da Universidade de Coimbra. O primeiro número, Encruzilhadas, é lançado em Maio de 2002, e a NU torna-se, aí, uma revista periódica de reflexão e debate sobre temas relacionados com a arquitetura, que se propõe, essencialmente, como um pretexto de discussão e como uma ferramenta de  aprendizagem para quem faz e para quem lê. Desde então 35 números da NU foram lançados, assumindo a revista como uma publicação de teoria e crítica, focada em temas de interesse à produção arquitetónica mas também  extra-disciplinar. Assim, aos textos de crítica produzidos pelos estudantes acrescentam-se inúmeras colaborações de nomes nacionais e internacionais ao longo dos anos, tais como Álvaro Siza, Eduardo Souto de Moura, Dominique  Perrault, MVRDV, Josep Maria Montaner, Beatriz Colomina, Toyo Ito, Paulo Mendes da Rocha, Saskia Sassen, Hans Ibelings, Mansilla e Tuñon, Alberto Campo Baeza, Bjarke Ingels, FOA (Foreign Office Architects), Gonçalo Byrne and Kurt Forster. Em 2003 é lançado o #12 Onde está Coimbra?, no âmbito da Coimbra Capital Nacional da Cultura, e em 2004, a convite do Instituto das Artes, a Bienal de Veneza conta com a presença da NU , com o número  #20 Onde está Portugal?, integrado na representação portuguesa comissariada por Pedro Gadanho. Em 2007, o programa Gau:di, de apoio a publicações sobre arquitetura de vários países europeus, faz uma recolha a ser  apresentada em feiras internacionais e inclusa numa antologia, e distingue a NU para representar a crítica portuguesa de arquitetura. Recentemente, foi incluída na colecção Archi-zines que reúne as principais revistas de referência  na área da teoria da arquitetura de todo o mundo. A NU pauta-se assim, atualmente, pelo debate que o seu legado publicado tem vindo a gerar a várias escalas - de escola, cidade, nacional e internacional -, e pelo enriquecimento  pedagógico que a sua discussão e produção representa sempre enquanto revista de estudantes.

Revista NU

Links Importantes:

http://arquivonu.blogspot.com/

http://www.facebook.com/nudaac