Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Diogo Seixas Lopes

Diogo Seixas Lopes Foto

diogo@barbaslopes.com

Licenciado em Arquitectura em 1996, pela Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa. Entre 2000 e 2005, foi Professor Assistente Convidado no Departamento de Arquitectura da Universidade Autónoma de Lisboa. Desde 2011, é Professor Auxiliar Convidado no Departamento de Arquitectura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.

Doutorando no Instituto de História e Teoria de Arquitectura do Instituto Federal Suíço de Tecnologia de Zurique. Desenvolve dissertação de doutoramento sobre Aldo Rossi, com orientação de Vittorio Magnago Lampugnani e Werner Oechslin. Foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian, Fundação para Ciência e Tecnologia e Centro Canadiano de Arquitectura.

Entre 1999 e 2004, foi um dos directores e editores da revista Prototypo. Autor do livro Cimêncio (Fenda, 2003), com Nuno Cera. Autor de artigos sobre arquitectura para publicações periódicas e livros como Eduardo Souto de Moura. Atlas de Parede, Imagens de Método (Dafne, 2011), Aldo Rossi und die Schweiz (gta Verlag, 2011), Aldo Rossi e L’architettura della cità (Marsilio, no prelo).

Trabalha como arquitecto em Lisboa, em parceria com Patrícia Barbas. Obras realizadas ou em curso incluem edifícios públicos e privados, residências unifamiliares, projectos expositivos e remodelações. Em 2012 concluíram a requalificação do Teatro Thalia em Lisboa, com Gonçalo Byrne.

Docência

Investigação

Publicações

CV Completo