a carregar...

DEEC

Início

Processo de Bolonha

O Processo de Bolonha é a União Europeia do Ensino Superior (o nome oficial é "Espaço Europeu do Ensino Superior - European Higher Education Area").

Até há alguns anos, cada país tinha o seu próprio modelo de Ensino Superior; com o processo de Bolonha passaram a ter um modelo semelhante, baseado em três ciclos, embora mantendo nos detalhes características diferentes em cada país.

"[em Bolonha] só se poderá obter o estatuto de Engenheiro uma vez completado o 2º Ciclo."

Como em muitas outras áreas da União Europeia, Bolonha significa mais Competição, mais Mobilidade, e uma Avaliação Europeia dos cursos.

Qual é a nossa resposta ?
Só pode ser mais Qualidade, mais Exigência, mais Competitividade, a pensar não em Portugal, mas na Europa.

Há muito que o DEEC sabe que o seu terreno de actuação é a Europa, ultrapassando as fronteiras de Portugal. Embora o desafio seja enorme, a FCTUC está preparada e absolutamente determinada.

O documento principal deste processo é a Declaração de Bolonha, cujos princípios são os seguintes:

  • Adopção de um sistema de graus

    comparável e legível;

  • Adopção de um sistema de Ensino
    Superior fundamentalmente baseado em três ciclos;

  • Estabelecimento de um sistema de créditos;

  • Promoção da mobilidade;

  • Promoção da cooperação europeia no

    domínio
    da avaliação da qualidade;

  • Promoção da dimensão europeia no Ensino

    Superior.

Por razões de acreditação, a ordem dos Engenheiros, entidade que até então então aceitavam a inscrição de licenciados pré-Bolonha, afirmou não aceitar licenciados de Bolonha, passando a exigir diploma de 2º ciclo, significando que só se poderá obter o estatuto de engenheiro uma vez completado o 2º ciclo.

Assim, com Bolonha, a palavra "licenciatura" muda de significado. Também a palavra "mestrado" passa a designar, em resultado do processo de Bolonha, um curso menos avançado do que os mestrados pré-Bolonha. Apenas a palavra "doutoramento" mantém o mesmo sentido que possuía antes de Bolonha.

A formação universitária plena é normalmente uma formação de 1º e 2º ciclo. No DEEC o primeiro ciclo facilita a mobilidade dos estudantes e o acesso ao 2º ciclo.

Todos os alunos que terminem o 1º ciclo no DEEC têm garantia de acesso ao 2º ciclo da sua área de estudo, mantendo as mesmas propinas do 1º ciclo.

Em contrapartida, como nos Politécnicos a formação é menos profunda, os 1º ciclos constituem tipicamente o final do percurso de formação. É esta a principal diferença entre os Politécnicos e as Universidades.

 Duração Designação nacional
1º ciclo3 anosLicenciatura
2º ciclo2 anosMestrado
3º ciclo3 a 5 anosDoutoramento