a carregar...

DMat

Departamento de Matemática

O conto do vigário, Fernando Pessoa e a matemática

OradorDoutor Jaime Carvalho e Silva
ResumoA expressão "Conto do Vigário" aparece frequentemente nas páginas dos jornais. Segundo Fernando Pessoa a origem do Conto do Vigário está nas aventuras e desventuras de Manuel Peres Vigário, um pequeno lavrador e negociante de gado, que há muitos anos viveu algures, num concelho do Ribatejo. Um dia Manuel Peres Vigário tropeçou num fabricante ilegal de notas falsas e viu-se em muitos maus lençóis! Infelizmente a atividade dos falsários, farsantes e outros embusteiros baseia-se muito na ignorância das pessoas mas também na cupidez que as torna descuidadas e presas fáceis de quem domina a psicologia humana de forma hábil. Podemos apontar muitos exemplos, tanto em Portugal (a começar pela famosa Dona Branca) como no estrangeiro (de que o caso retumbante mais recente foi Bernard Madoff, com uma fraude avaliada em 65 mil milhões de dólares). A eficácia do "Conto do Vigário" também se baseia na ignorância do que é realmente o crescimento exponencial e o que está por detrás do chamado esquema em pirâmide (também conhecido como esquema de Ponzi).
Público-alvo
Alunos do Ensino Básico ou Secundário.
MaterialUm videoprojetor (uso o meu próprio computador); um sistema sonoro ligado ao computador (podem ser colunas portáteis).
Voltar à página anterior