Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO
VERSÃO BETA

Canguru Matemático Sem Fronteiras 2011

Publication date: 21-03-2011 10:14

O Canguru Matemático Sem Fronteiras é um concurso de “matemática para todos” e decorre, em simultâneo, em 46 países do mundo! Em Portugal, a organização deste concurso é da responsabilidade do Departamento de Matemática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), com o apoio da Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM).


A edição deste ano vai decorrer já na próxima quinta-feira, dia 17 de Março, e é esperada a participação de cerca de 80 mil estudantes, divididos por 6 categorias: Mini-Escolar (uma nova categoria dirigida às crianças do 4.º ano de escolaridade), Escolar (5.º e 6.º anos de escolaridade), Benjamim (7.º e 8.º anos de escolaridade), Cadete (9.º ano de escolaridade), JÚNIOR (10.º e 11.º anos de escolaridade) e ESTUDANTE (12.º ano de escolaridade).

A prova, com início às 14h30, em cerca de um milhar de escolas e agrupamentos de escolas de Portugal Continental e Ilhas Autónomas dos Açores e da Madeira, tem a duração de uma hora e trinta minutos e é composta por três dezenas de questões, com três níveis de dificuldade.

Trata-se de uma prova “de raciocínio lógico cujo objectivo é motivar todas as crianças e jovens para a matemática, permitindo que estes descubram o lado lúdico da disciplina”, explica Júlio Neves, docente na FCTUC e coordenador nacional do concurso, destacando que “o importante é os alunos divertirem-se a resolver questões matemáticas e perceberem que chegar às soluções dos problemas propostos é uma conquista pessoal muito recompensadora”.

Em 2010 participaram no Canguru Matemático sem Fronteiras seis milhões de estudantes nos 46 países, dos quais, 67.416 portugueses.

História do Canguru Matemático:

No início dos anos 80, Peter O'Holloran, professor de matemática em Sydney, inventou um novo tipo de Concurso Nacional em escolas australianas: um questionário de escolha múltipla. Este concurso foi um enorme sucesso na Austrália. Em 1991, dois professores franceses (André Deledicq e Jean Pierre Boudine) decidiram iniciar a competição em França com o nome Canguru ("Kangourou") para prestar homenagem aos seus amigos australianos. Em Junho de 1994, em Estrasburgo, no Conselho Europeu, a Assembleia Geral dos representantes de 10 países europeus (Espanha, França, Grã-Bretanha, Hungria, Itália, Moldávia, Polónia, Rússia e Eslovénia) decidiram a criação do "Canguru Matemático sem Fronteiras". Portugal participou pela primeira vez em 2005 no Canguru Matemático sem Fronteiras.



Exemplo de desafio colocado na prova de 2010 (5.º e 6.º anos de escolaridade):


O André, o Sebastião, o Roberto e o Marco encontraram-se num concerto em Zagreb (Croácia).


Eles vivem em cidades diferentes: Paris (França), Dubrovnik (Croácia), Roma (Itália) e Berlim (Alemanha). Segue-se alguma informação acerca deles:


• O André e o rapaz de Berlim chegaram a Zagreb na madrugada do dia do concerto e nunca estiveram em Paris nem em Roma.
• O Roberto não é de Berlim e chegou a Zagreb ao mesmo tempo que o rapaz de Paris. O Marco e o rapaz de Paris gostaram muito do concerto.


De que cidade é o Marco?