a carregar...

FCTUC

NOTÍCIAS

Doutorandos da FCTUC distinguidos em congresso internacional

Publication date: 14-11-2017 10:53

Premio_antrop



Álvaro Monge Calleja e Bruno Magalhães, alunos de doutoramento em Antropologia, especialização em Antropologia Biológica, do departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), foram distinguidos no XIV Congresso Nacional e Internacional de Paleopatologia, que decorreu em Alicante, Espanha, com os prémios de “Melhores Trabalhos Apresentados”.

Álvaro Monge Calleja apresentou o trabalho intitulado “Alteraciones morfopigmentarias del cálculo dental en una monja de Santa Catalina de Siena en Belmonte (Cuenca, España): cruzamiento de análisis macro, microscópica e isotópica”, que tem como coautores Natasa Sarkic, Jesús Herrerín López, António Pereira Coutinho e Ana Luísa Santos.

O estudo do tártaro dentário de grande dimensão aderente aos dentes molares de uma freira do convento de Santa Catalina de Siena (séculos XIX-XX) revelou uma mastigação unilateral, e a análise por microscópio eletrónico mostrou exósporos de Actinobacteria que podem ter consequências negativas na sua saúde .

Bruno Magalhães apresentou o estudo “Does the presence of nasal variations predispose to maxillary rhinosinusitis?”, em coautoria com Simon Mays e Ana Luísa Santos.

Esta investigação examinou 2026 crânios de indivíduos de ambos os sexos dos séculos XIX e XX, tendo revelado que o desvio do septo nasal, os cornetos acessórios, a concha bolhosa e a curvatura paradoxal são variações frequentes e não apresentam associação clara com a sinusite maxilar. Neste estudo, a doença afetou mais as mulheres do que os homens não existindo aparente associação com a idade.

Os dois doutorandos fazem parte do Centro de Investigação em Antropologia e Saúde (CIAS) da FCTUC.