a carregar...

FCTUC

NOTÍCIAS

Docente da FCTUC lidera consórcio internacional URBiNAT. O projeto tem financiamento europeu de 13 milhões de euros

Publication date: 29-12-2017 09:16

Goncalo_moniz




Gonçalo Canto Moniz, docente do Departamento de Arquitetura da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) e investigador do CES – Centro de Estudos Sociais, coordena um projeto europeu que propõe regenerar bairros sociais de sete cidades europeias, através de «Corredores Saudáveis».

Com financiamento europeu de 13 milhões de euros, atribuído pelo H2020, programa-quadro de investigação e inovação da União Europeia, o consórcio URBiNAT | Urban Innovative and Inclusive Nature reúne cerca de 30 parceiros internacionais e viu a sua candidatura aprovada no Concurso para Ações Inovadoras (Innovative Actions) na área das Cidades Inteligentes e da Sustentabilidade (Smart Cities and Sustainabilty).

Ao longo de cinco anos, o projeto vai investigar, desenvolver e implementar os chamados «Corredores Saudáveis», suportado pelo catálogo de Soluções Baseadas na Natureza (NBS – Nature Based Solutions) que os parceiros transversais (universidades, instituições públicas, laboratórios e empresas) têm vindo a desenvolver nos últimos anos. Nesse catálogo incluem-se soluções tecnológicas de impacto ambiental, metodologias inovadoras de participação democrática e inclusão; e alternativas económicas por meio de soluções de economia social e solidária.

Os «Corredores Saudáveis» vão ser construídos através de processos participativos nas cidades do Porto (Portugal), Nantes (França) e Sofia (Bulgária) e, mais tarde, replicados nas cidades de Bruxelas (Bélgica), Siena (Itália), Høje-Taastrup (Copenhaga, Dinamarca) e Nova Gorica (Eslovénia), em parceria com municípios e universidades locais. O consórcio é complementado com parceiros internacionais iranianos e chineses, bem como parceiros observadores do Brasil, Omã, Japão e China, o que garante a partilha alargada de boas práticas e a replicação das soluções projetadas noutros contextos.

O projeto propõe novos modelos de desenvolvimento urbano por meio de inovações no espaço público, promove a coesão social através de living labs, constituídos nas cidades, e amplia os seus efeitos no âmbito de uma comunidade de práticas e de partilha transversal de conhecimento.

Fonte: CES

Consulte a lista dos parceiros envolvidos no consórcio aqui:

Consórcio URBiNAT