a carregar...

CECES

Centro de Estudos Cooperativos e da Economia Social - FEUC

Estrutura Curricular 2019/20



O curso de Pós-Graduação em Economia Social – cooperativismo, mutualismo e solidariedade é constituído por cinco unidades curriculares. Três destas unidades curriculares correspondem ao conjunto das áreas científicas do curso. Estas três unidades curriculares – 1) Enquadramento Jurídico-Político da Economia Social; 2) Perspetivas Quanto à Gestão das Organizações da Economia Social; 3) Economia, Sociedade e Desenvolvimento Local - são organizadas em módulos temáticos diferenciados. A quarta unidade curricular, Conferências e Narrativas de Experiências Vividas na Economia Social, corresponde ao conjunto das conferências realizadas no âmbito do Curso por parte especialistas em economia social ou em matérias conexas e contextualizadoras dos temas abrangidos por este Curso, organizadas ao longo do semestre e por narrativas sobre experiências vividas por protagonistas da economia social, feitas também em sessões próprias. A quinta unidade curricular, Trabalho Final, consiste na elaboração de uma monografia por parte dos estudantes, sob orientação de um dos docentes do Curso.

O trabalho de monografia visa contribuir para o desenvolvimento de competências de análise da realidade das organizações da economia social, a partir das temáticas tratadas no âmbito do Curso permitindo a opção entre três estratégias por parte dos estudantes:

a) Aprofundar, de um ponto de vista fundamentalmente conceptual, um tema abordado num ou em vários módulos do curso. Trata-se, neste caso, sobretudo de fazer um ensaio com base na revisão bibliográfica sumária da questão em análise, incluindo uma referência, na introdução do trabalho, à sua relevância.

b) Apresentar o caso de uma organização que possa servir como referência para outras quanto à forma como tem tratado uma problemática referida num ou em vários módulos do curso. Nesta hipótese, tratar-se-á de construir um pequeno estudo de caso que evidencie uma boa prática. Para além da caracterização da organização, será necessário descrever a boa prática e discuti-la à luz dos conceitos, modelos ou referenciais teóricos apresentados no curso.

c) Elaborar uma proposta de criação ou expansão de uma organização ou projeto cuja forma, área de intervenção ou filosofia possuam uma relação com problemáticas referidas num ou em vários módulos do curso de Pós-Graduação. Trata-se de permitir que as aprendizagens do curso possam ser vertidas em propostas práticas relacionadas com os interesses pessoais e profissionais dos formandos. Para além da descrição do projeto, este deve ser enquadrado e justificado à luz dos conceitos, modelos ou referenciais teóricos apresentados no curso.

Pela conclusão com aprovação do curso, será atribuído um Diploma de Pós-Graduação “Economia Social – cooperativismo, mutualismo e solidariedade.”







Unidade Curricular



Área Científica/

Docente



ECTS/

horas



Enquadramento jurídico-político da economia social



Direito



4/24

1. Introdução à economia social - cooperativismo, mutualismo e solidariedadeRui Namorado
   8h
2. Direito cooperativo e da economia socialElisabete Gomes Ramos
   8h
3. Enquadramento jurídico-constitucional da economia social João Pedroso
   4h
4. Breve história da economia social
Álvaro Garrido
   4h


Perspetivas quanto à gestão das organizações da economia social



Gestão



4/24

1. Empresa e sociedade: da ética à responsabilidade socialSara Ramos
   8h
2. Gestão da qualidade nas organizações da economia socialPatrícia Moura e Sá   8h
3. Avaliação e medição do desempenho e impacto social Mónica Lopes
   4h
4. Gestão e pessoas: liderança e motivaçãoTeresa Carla Oliveira   4h


Economia, sociedade e desenvolvimento local



Sociologia/Economia



4/24

1. Empreendedorismo e inovação na economia social e as empresas sociais
Sílvia Ferreira
   8h
2. O Estado, as parcerias, as redes e a economia socialJoão Pedroso
   4h
4. O desenvolvimento local como estratégia Bernardo Campos   8h
5. A economia social e a criação de emprego: uma perspetiva económicaMargarida Antunes   4h


Conferências e narrativas de experiências vividas na economia social



Todas



3/16

Os/as conferências e conferencistas convidados/as inserir-se-ão nos temas e experiências a abordar no âmbito da economia social ou em matérias conexas e contextualizadoras dos temas abrangidos por este Curso.

Este ciclo inclui também experiências vivas representando o testemunho de experiências organizacionais da variedade do campo da economia social incluindo cooperativas, mutualidades, associações, fundações, misericórdias, outras instituições particulares de solidariedade social, associações culturais, recreativas e desportivas, iniciativas de desenvolvimento local, entidades do setor comunitário e auto-gestionário e outras entidades que respeitem os princípios da economia social, conforme referido na Lei de Bases da Economia Social.




Trabalho Final



Todas



15



A Pós-Graduação em Economia Social – cooperativismo, mutualismo e solidariedade é concluída com a elaboração de um Trabalho Final.

Consiste na realização de uma monografia, geralmente assente numa de duas estratégias alternativas:

a) aprofundamento, de um ponto de vista concetual, de um tema abordado noutras unidades curriculares do Curso;

b) apresentação e discussão de um caso de uma organização que possa servir como uma referência para outras organizações quanto à forma como tem tratado uma problemática referida noutras unidades curriculares do curso. O trabalho será realizado sob orientação de um docente do curso.

Cada aluno, com a colaboração do orientador, define a temática/problemática a abordar, adequando o método de trabalho e o conteúdo a desenvolver em função dessa escolha e dos objetivos identificados.

Prazos

1ª Época

Entrega em início de Julho e defesa presencial até final de Julho.

2ª Época

Entrega em início de Setembro e defesa até meados de Outubro.