a carregar...

FEUC

Economia

Condições especiais para licenciados/as pré-Bolonha

Os/as licenciados pré-Bolonha, em função da avaliação do curriculum, poderão beneficiar de creditações (equivalências) que, caso reunam condições, lhes permitam finalizar o Mestrado em 1 ano.

Na sua candidatura, deverá solicitar creditações (equivalências).

Abertura de candidaturas 2019-2020


Prazos de candidatura:

1ª Fase: 4 de fevereiro a 29 de março de 2019

2ª Fase: 1 de abril a 15 de julho de 2019

3ª Fase: 19 de agosto a 6 de setembro de 2019


Numerus clausus:

1ª Fase: 2 vagas

2ª Fase: 6 vagas

3ª Fase: 2 vagas + vagas sobrantes



Montante de propina / Preço:

Estudante Nacional ou equiparado: 1063,47€ (valor sujeito a alteração pelo Conselho Geral)

Estudante Internacional: 7000€ (valor anual).



Inscrição a tempo parcial: Admite.

Avaliador(es):

- Adelino Manuel Guimarães Fortunato;

- Hélder Miguel Correia Virtuoso Sebastião.

Número mínimo de estudantes para funcionamento do curso: 8



Apresentação das candidaturas

As candidaturas são submetidas exclusivamente através da Plataforma online InforEstud@nte
Pode consultar aqui as instruções



Condições de admissão dos candidatos:

Titulares do grau de Licenciado/a, em Economia ou Gestão, em curso de 4 ou 5 anos (préBolonha). Nos termos do despacho reitoral nº137/2011.



Critérios de seriação dos candidatos:

1. Curriculum Académico: Licenciatura pré-Bolonha em Economia ou Gestão, (Ponderação 4/10);

2. Curriculum Profissional; Afinidade da área científica do programa face ao curriculum profissional do/a candidato/a, (Ponderação 4/10);

3. Motivação (inclui, se necessário, uma Entrevista): Perfil do/a Candidato/a, (Ponderação 2/10).

NOTA: As candidaturas avaliadas em algum critério com nota inferior a 9,5 valores serão automaticamente não admitidas.


Documentação necessária:

- Carta de motivação, explicando as razões que levam o candidato a concorrer, caso seja relevantede acordo com os critérios estabelecidos pela unidade orgânica a que se candidata (OBRIGATÓRIO);

- Carga horária e programas das unidades curriculares já efetuadas no curso de origem, casopretenda creditação (OBRIGATÓRIO, exceto se o curso de origem se tratar de um curso lecionado na Universidade de Coimbra no âmbito do Processo de Bolonha (após 2007/2008)); - Certidão comprovativa da aprovação nas unidades curriculares realizadas, com respetivas classificações (OBRIGATÓRIO, exceto se o curso de origem se tratar de um curso lecionado na Universidade de Coimbra);

- Certidão de outra formação pós-graduada, quando exista, incluindo carga horária e programas;- Certidão do curso superior de que é detentor com média final de conclusão (OBRIGATÓRIO exceto se o curso de origem se tratar de um curso lecionado na Universidade de Coimbra); - Curriculum vitae, no formato EuroPass (http://europass.cedefop.europa.eu/); (OBRIGATÓRIO); - Fotocópia simples do documento de identificação (OBRIGATÓRIO apenas para candidatos estrangeiros).

NOTA: A entrega dos documentos originais autenticados é exigida aos estudantes colocados que efetuam a matrícula e inscrição e deve ser efetuada até ao dia 31 de dezembro para completar o processo individual do estudante.
Os documentos referidos anteriormente devem ser reconhecidos pelo agente consular português local e/ou legalizados pelo sistema de Apostila nos termos da Convenção relativa à Supressão da Exigência da Legalização de Atos Públicos Estrangeiros (mais conhecida por Convenção de Haia), assinada em Haia, em de 5 de outubro de 1961, à exceção de documentos emitidos por Instituições de Ensino Superior de países da União Europeia. Contudo, em caso de dúvida sobre a documentação apresentada, pode ser solicitado o reconhecimento acima referido ou entrega de documentação complementar a qualquer requerente.
Sempre que os documentos acima mencionados se encontrem numa língua estrangeira que não o espanhol, francês, inglês deve entregar a tradução dos mesmos. As traduções devem ser devidamente certificadas pelas autoridades competentes para o efeito.


Outras informações:

- A candidatura está sujeita ao pagamento do emolumento no valor de 50.00 €, não havendo lugar areembolso, incluindo nas situações de invalidação de candidatura, de não colocação ou quando o ciclo de estudo não venha a abrir por falta do número mínimo de inscritos.

- A matrícula e inscrição do Estudante Internacional só é confirmada após pagamento únicocorrespondente a 30% da totalidade da propina base (3 mensalidades), acrescida da taxa de inscrição.

- Mais informações sobre outros assuntos académicos 
- Contactos: e-mail; telefone +351 239 247 195 e presencialmente num centro de atendimento do Serviço de Gestão Académica, no horário disponível aqui.