a carregar...

FEUC

Economia

Testemunhos

 "Em fevereiro passado alcancei o grau de Mestre em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. A decisão de ficar em Coimbra, a melhor cidade académica do país, foi imediata após a conclusão da Licenciatura, no ano letivo de 2015/2016.
A qualidade, prestígio e experiência do corpo docente, uma característica sempre presente na nossa faculdade é imprescindível para o sucesso dos alunos. Tive oportunidade de contactar e “beber” do conhecimento de professores excecionais, que aumentaram, ainda mais, a minha paixão pela economia.
Em termos de oferta formativa, o Mestrado em Economia também me atraiu e contribuiu para a minha decisão. Unidades curriculares fulcrais a todo o economista, como as transversais Macroeconomia e Microeconomia Intermédias, ou Economia Industrial, no meu caso particular, que escolhi a vertente do Mestrado em Economia Industrial. Esta escolha foi, igualmente, bastante importante. A minha atração pelo mundo empresarial conduziu-me diretamente a este Mestrado.
Importa, ainda, realçar dois aspetos que também foram cruciais na minha decisão. O primeiro é a oferta das unidades curriculares que permite aos alunos de uma das vertentes do Mestrado frequentar cadeiras específicas das outras vertentes, o que fomenta a diversidade de conhecimentos e de experiências, o que valorizo bastante.
O segundo prende-se com a possibilidade de podermos escolher entre realizar Trabalho de Projeto ou Relatório de Estágio, que foi o meu caso. Escolher estagiar durante 4 a 5 meses abre horizontes e capacita-nos de características que o meio académico, por si só, não o consegue fazer. Considerei esta experiência das mais enriquecedoras que a FEUC me proporcionou.
Neste momento, encontro-me, desde janeiro, a trabalhar no meio empresarial. Devo este passo, em parte, à FEUC e a todos os que marcaram o meu percurso letivo de forma especial. O nível e a qualidade dos conhecimentos que a faculdade me incutiu e a experiência que me transmitiu foram fulcrais nesta rápida transição para o mundo do trabalho.
Com esforço e empenho, chegamos sempre a bom porto.

Ana Rita Assis Figueiredo dos Santos Valadares
Mestrado concluído no 1º semestre de 2016/2017
Economista na Empresa Bluepharma – Indústria Farmacêutica, S.A."
Foto Gonçalo M Economia

"Em qualquer organização as Pessoas geralmente são o principal aspecto diferenciador. O Mestrado em Economia não destoa desta norma, sendo esta questão materializada em duas dimensões.  A primeira relaciona-se com a competência do Corpo Docente que o compõe que, conjuntamente com a sua proximidade e disponibilidade no apoio ao Aluno, cria as condições necessárias para a assimilação das competências técnicas. A segunda prende-se com a envolvência geral da FEUC, presente nas interações quotidianas entre Alunos e Alunos e Corpo Docente e Não Docente. De facto, "ser Gente da FEUC" tem como inerência um conjunto de valores, como o companheirismo, a entre-ajuda e a procura da melhoria constante.  

Relativamente à estrutura curricular, salienta-se a flexibilidade do Mestrado que, para além das unidades curriculares de base, permite que o estudante escolha como optativas disciplinas de ramos diversos da Economia ou da área de Gestão, tornando a sua formação mais completa. Finalmente, no contexto de mundo em que as mudanças se verificam a uma velocidade cada vez mais elevada, a realização do Trabalho de Projeto permite potenciar a capacidade essencial de analisar um tema de forma aprofundada, eficiente e criativa . O corolário de todos estes fatores é que a frequência do Mestrado constitui uma mais-valia na preparação do Aluno enquanto futuro profissional, mas também enquanto Pessoa."

Gonçalo Marouvo, mestrado concluído no 1º semestre 2013-14

Gestor de Carteiras, BPI Gestão de Ativos, 2017

Foto Francisca M Economia

No final da licenciatura muitas opções estavam em aberto, para diferentes áreas e diferentes universidades. No entanto após profunda investigação optei pelo Mestrado em Economia com especialização em Economia do Crescimento e das Políticas Estruturais na Universidade de Coimbra.

Um dos fatores que me levou a escolher, que considero essencial, foi os professores. Após conversar com colegas que frequentaram diferentes mestrados e do conhecimento que tinha da licenciatura eu soube que iria ter a preocupação e acompanhamento dos professores, a proximidade suficiente para me orientar, assim como a exigência suficiente para me desenvolver e aprender mais, o que não se encontra facilmente. E assim foi.

Não só, deste modo, me pude preparar para o mercado de trabalho, mas também pelas unidades curriculares que frequentei. No 2º semestre do 1º ano temos a oportunidade de escolher unidades curriculares que mais se adequem ao nosso gosto, económicas, financeiras ou de gestão permitindo não só desenvolver o raciocínio como conciliar com outras matérias que achemos importantes ou que mais nos agradem. Para além disso, o mestrado tem cadeiras lecionadas em inglês, incentivando a melhorar uma componente fundamental no mercado trabalho, e fomentando, mais especificamente na especialização em economia do crescimento e das políticas estruturais, o contacto e debate com diferentes culturas, com a presença, em quantidade significativa, de colegas estrangeiros no mestrado.

No 1º semestre do 2º ano tendo a possibilidade de optar por relatório de estágio ou dissertação, optei pelo segundo, o que mais uma vez constituiu um importante marco para a minha experiência no mestrado. Mais uma vez, a orientação e investimento por parte dos professores é clara, diferenciadora dos restantes mestrados, e com motivação dos alunos evidentemente o trabalho dá frutos. No meu caso, tivemos a possibilidade de apresentar o nosso trabalho na 18ª Conferência Anual da International Network for Economic Research e na 10ª Annual Meeting of the Portuguese Economic Journal.

Atualmente, não só noto a capacidade de raciocínio que desenvolvi durante o curso, como o ritmo de trabalho e a capacidade de trabalho em equipa desenvolvida, assim como a disciplina ensinada pelos professores, que me dão grandes vantagens no mercado de trabalho.”

Francisca Rosendo Silva, Mestrado em Economia, FEUC, concluído no 1º semestre de 2015/2016

Trainee em Reporting de Gestão na Galp Energia (sob o programa Galp Generation) - 2017

Foto Ronize

Após ter concluído a Licenciatura em Economia na FEUC, no ano letivo 2013/2014, senti a necessidade de reforçar e aprofundar os meus conhecimentos, e ter uma área de especialização dentro da Economia. Depois de ter feito uma pesquisa ao nível das ofertas do Mestrado em Economia das universidades portuguesas, concluí que a FEUC era a minha melhor opção, visto que, o Mestrado em Economia da FEUC para além de aprofundar os conhecimentos nas unidades curriculares que considero fulcrais para qualquer economista, nomeadamente, Microeconomia, Macroeconomia e Econometria, permite ainda que, os alunos se especializem numa das áreas da economia, entre elas, a Economia Financeira, a Economia Industrial, e a Economia do Crescimento e das Políticas Estruturais. Neste sentido, o Mestrado em Economia da FEUC surgiu como a melhor escolha para alcançar o meu objetivo, permitindo assim, que eu reforçasse os meus conhecimentos em Economia, e a minha especialização em Economia Financeira, que é uma área que sempre me suscitou um especial interesse. Outro aspeto que considero uma mais-valia para os alunos, é o corpo docente do mestrado, constituído por profissionais altamente competentes e que se dedicam a 100% aos alunos, o que se reflete nitidamente nos seus resultados.

Convém ainda realçar que, o Mestrado em Economia da FEUC, concede aos alunos, no último ano, a oportunidade de escolher entre o Trabalho de Projeto, onde irão trabalhar na tese de mestrado e desenvolver competências de investigação científica, e o Estagio Curricular, caso queiram adquirir experiencia profissional. Este último ponto foi extremamente importante para mim, uma vez que, a realização do Trabalho de Projeto, suscitou em mim o interesse e a vontade de prosseguir para a área de investigação científica, o que me levou a ingressar no programa de Doutoramento em Economia da FEUC, em parceria com a Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho, após ter concluído o mestrado.

Ronize Cruz, Mestrado concluído no 1º semestre de 2015/2016.

Doutoranda em Economia na FEUC e EEG-UM.

  
João Pinto

“A decisão de frequentar o Mestrado em Economia na FEUC revelou-se acertada, traduzindo-se numa ótima oportunidade de desenvolvimento pessoal.O corpo docente, o ativo mais valioso deste Mestrado, é um exemplo de competência, dedicação e profissionalismo, qualidades essenciais ao sucesso dos alunos. Além disso, a densidade dos conteúdos programáticos é um constante desafio de aprendizagem que nos dota das competências técnicas exigíveis a um 2º Ciclo de Estudos.

Estou certo de que o Mestrado em Economia na FEUC potenciou a aquisição de conhecimentos determinantes para o meu ingresso no mercado de trabalho."

João Gonçalo Pinto - Mestrado Concluído no 1º semestre de 2013/2014
Tax Analyst - Deloitte (2015)

  
Beatriz Assunção

“No final da minha licenciatura em Economia, pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, optei por prosseguir estudos na mesma faculdade, dando início ao Mestrado em Economia, com especialização em Economia Industrial. Realizei o primeiro semestre da parte curricular em Coimbra (FEUC) e optei por no segundo semestre efetuar um programa de mobilidade, no Brasil, na cidade de Florianópolis (Universidade Federal de Santa Catarina). No terceiro semestre do Mestrado fiz um Estágio Curricular no IAPMEI (Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação).

Ainda antes de concluir o Mestrado ingressei no mercado de trabalho como Técnica de Supervisão do Instituto de Seguros de Portugal - Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões.

Pontos a favor do Mestrado:

Relação Professor-Aluno;

Nível de competência e conhecimentos do Corpo Docente;

Ferramentas cedidas aos alunos para exercer a profissão de economista- nomeadamente o modo de formular raciocínios face a diferentes problemas e realidades;

Espírito de entreajuda e companheirismo que se vive na FEUC e na Universidade de Coimbra em geral. ”

Beatriz Assunção - Mestrado Concluído no 1º semestre de 2013/2014
Técnica de Supervisão do Instituto de Seguros de Portugal - Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (2015)

  
Vitor Cunha

"Estudar na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra é a possibilidade de estudar numa universidade marcada pela tradição e pelo prestígio.

Tendo concluído a licenciatura na FEUC, a realização do Mestrado nesta mesma instituição permitiu-me aprofundar conhecimentos científicos, acompanhado de Professores competentes e disponíveis e com provas dadas. O Mestrado na FEUC privilegia o desenvolvimento de competências técnicas e de análise crítica. Neste sentido, contribuiu para melhorar a minha capacidade para resolver problemas e adaptar-me a novas situações, quer através do trabalho autónomo quer do trabalho de grupo."

Vítor Cunha - Mestrado Concluído no 1º semestre de 2011/2012
Economista na Empresa Vítor Manuel Fachada Papizes, Lda. (2015)

  
Catarina Cruz

"O Mestrado em Economia Industrial permitiu-me alargar conhecimentos nas áreas que maior interesse me despertaram durante a Licenciatura. O ambiente académico mais íntimo associado à maior comunhão de interesses entre docentes e alunos promove uma aprendizagem contínua e uma maior motivação, refletindo-se o crescente interesse nas classificações finais.

Considero que a FEUC reúne excelentes condições físicas e científico-pedagógicas sendo uma instituição de prestígio na formação de profissionais de renome na área da Economia, assegurando a qualidade do ensino e consequentemente do futuro.

A exigência e dedicação que o Mestrado em Economia na FEUC requere saboreiam-se na carreira profissional e no crescimento sólido que nos é potenciado. Após a obtenção do Mestrado em Economia Industrial realizei um estágio profissional de um ano de duração na Bosch Security Systems, em Ovar. Atualmente integro o departamento de planeamento e logística da Silencor, empresa situada em Águeda que produz componentes metálicos para clientes nacionais e internacionais como a Bosch, a Peugeot Citroen, a Toyota, a Delphi, entre outros.

No que respeita ao contributo do Mestrado para o meu percurso profissional considero que graças ao meu nível de habilitações sou capaz de agilizar muitos processos, interpretar com polivalência o mercado do trabalho, olhar de forma inovadora perspectivando soluções eficientes, apresentando propostas fundamentadas e adaptadas a cada caso e público.

É elevado o interesse do mercado de trabalho nos Mestres em Economia. Embora a actual conjuntura obrigue muitos jovens com formação superior a emigrar, são várias as portas abertas no mercado de trabalho nacional para a nossa área de formação. O Mestrado em Economia permite uma maior segurança e certeza na escolha da melhor proposta e serve de amparo em períodos de adaptação e aprendizagem.

O Mestrado em Economia é uma ferramenta essencial para o progresso não só pessoal como também social, sendo como tal uma mais-valia que recomendo!"

Catarina Cruz - Mestrado Concluído no 1º semestre de 2012/2013
Departamento de Planeamento e Logística da Silencor
(2015)

  
No Picture Available

"Após a conclusão da Licenciatura em Economia na FEUC, o prosseguimento de estudos para o Mestrado na mesma faculdade foi a escolha natural, que se revelou mais tarde completamente acertada. O programa de Mestrado em Economia na FEUC complementa o processo de aprendizagem iniciado na Licenciatura, permitindo o aprofundamento dos conhecimentos adquiridos bem como a escolha de uma área de especialização.

Graças a flexibilidade permitida pelo programa, embora tenha escolhido a opção de especialização em Economia Monetária e Financeira no primeiro ano do ciclo de estudos, fiz também a especialização em Economia do Crescimento e Desenvolvimento no segundo ano. Foi nesta área que desenvolvi a minha dissertação sobre o tema da eficácia da ajuda externa na promoção do crescimento económico. Graças ao apoio incondicional e incentivo da minha orientadora, publicámos mais tarde um artigo baseado na dissertação numa revista científica da área.

Além da qualidade do ensino prestado pelo competente corpo docente presente na faculdade, a FEUC proporciona ainda oportunidades de intercâmbio no estrangeiro. No ano de conclusão do mestrado tive o privilégio de poder participar no curso de Verão Goettingen Summer School 2011, subordinado ao tema “Relations between the EU and the emerging global players”. Foram duas semanas enriquecedoras, preenchidas por seminários, apresentação de um artigo, elaboração de um poster e convívio com estudantes de outras universidades europeias.

O meu percurso na FEUC foi também determinante para as minhas escolhas apos a conclusão do mestrado. Atualmente prossigo estudos doutorais no departamento de International Development da University of East Anglia, onde desenvolvo um projeto de investigação ligado ao tema que iniciei na FEUC, em particular a eficácia da ajuda externa em “estados frágeis”, ao mesmo tempo que desempenho funções pontuais como membro do corpo docente."

Inês Ferreira - Mestrado Concluído no 1º semestre de 2010/2011
Department of International Development, University of East Anglia, UK
(2015)

  
No Picture Available

"Após o término da minha segunda licenciatura no Brasil, sabendo que a vida acadêmica seria o caminho que trilharia, procurei por um Mestrado em Economia que aliasse matriz curricular que provesse conhecimento técnico de excelência e corpo docente de alto nível, ao descobrir que minhas necessidades seriam supridas em Instituição de Ensino como a tradição da Universidade de Coimbra, minhas outras opções nacionais e internacionais que dispunha, à época, se tornaram desinteressantes.

A Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra me possibilitou conhecimento muito superior ao que esperava adquirir no meu 2º Ciclo de Estudos, e isto foi possibilitado simultaneamente pela troca de experiências e conhecimentos com os alunos de múltiplas nacionalidades e regiões de Portugal, característica típica de grandes Instituições de Ensino, e pela preocupação paternal do corpo docente no aprendizado dos alunos, algo característico de pequenas Instituições de Ensino.

Hoje leciono na Universidade de Fortaleza (Brasil) as disciplinas de Cálculo I, Matemática Econômica e Estatística I e estou como Coordenador do Curso de Ciências Econômicas desde Janeiro de 2015. Portanto minha única sugestão a você que busca ser um profissional de excelência é: aproveita, enquanto aluno, todas as oportunidades proporcionadas neste 2º Ciclo, pois concluirás teus estudos como um profissional diferenciado no mercado."

Núbio Vidal, Mestrado Concluído no 1º semestre 2013-14
Docente na Universidade de Fortaleza, Brasil (2015)

  
Gilson Pina

"Após terminar a minha licenciatura, fiz uma intensa pesquisa sobre as universidades em Portugal, para continuar os estudos pós-graduados. Apercebi-me então que não encontraria uma oferta melhor do que o mestrado em Economia da FEUC. Tanto o excelente corpo docente, como os meios técnicos confirmaram-me que a minha escolha foi a mais acertada. A disponibilidade total dos professores para acompanhar e orientar os estudos e os trabalhos académicos é uma das principais mais-valias deste mestrado. Por isso, concluo que tudo o que sou hoje, a nível académico/investigação, devo ao Mestrado em Economia da FEUC.

Recomendo vivamente este mestrado, que apresenta diferentes áreas de especialização, tanto para os que pretendem ingressar no mercado de trabalho como para os que querem seguir a área de investigação."

Gilson Manuel Gomes Pina, Mestrado Concluído no 2º semestre 2008-09
Coordenador do curso de Economia e Ciências Empresariais no Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais – Cabo Verde (Março/2015).
Assistente Convidado na Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho (Setembro/2013 a Março/2015).
Doutorando em Economia na FEUC e EEG-UM.

  
Lara Beirão

“Fiz a Licenciatura em Economia nesta Faculdade tendo sempre como propósito o desenvolvimento de competências em Crescimento e Desenvolvimento Económico. Após regressar a São Tomé e Príncipe, trabalhei no Instituto Nacional de Estatísticas (INE) no departamento de Contas Nacionais onde ficou patente a importância dos conteúdos apreendidos na FEUC. Tendo ingressado em 2005 no Banco Central de São Tomé e Príncipe, enquanto técnica de estatística e estudos económicos pude uma vez mais aplicar e aprofundar os conhecimentos adquiridos. Volvidos 5 anos de experiência técnica e conhecendo perfeitamente os docentes em causa e a qualidade de ensino, optei por prosseguir estudos na mesma faculdade, dando início ao Mestrado em Economia, com especialização em Crescimento Económico e Políticas Estruturais, sendo esta a minha área de eleição. O referido mestrado não só correspondeu amplamente às minhas expectativas como ainda permitiu um elo de ligação com a FEUC inigualável, face à interacção que sempre subsistiu com os docentes. Dou os parabéns à FEUC pela forma como conduzem estes Mestrados, pela didáctica que sempre prevaleceu. Devo ainda referir a qualidade das documentações facultadas para estudos e consultas.

Actualmente, sou responsável no Banco Central, pela Direcção de Supervisão Bancária e de Seguros, onde dentre outras tarefas, prossigo com a análise macroprudencial, algo que indiscutivelmente, exige o domínio das matérias absorvidas ao longo deste mestrado."

Lara Simone Beirão, Mestrado Concluído no 2º semestre 2010-11
Directora de Supervisão Bancária e de Seguros, Banco Central de São Tomé e Príncipe