a carregar...

FFUC

Faculdade de Farmácia

UCQFarma - Nota Histórica

O Laboratório de Galénica e Tecnologia Farmacêutica da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra (FFUC) tem um longo historial de colaboração com a Indústria Farmacêutica no desenvolvimento, controlo e garantia da qualidade de produtos farmacêuticos.

Em 1998, com a transferência de parte do Laboratório para o remodelado edifício da Farmácia dos antigos Hospitais da Universidade de Coimbra (ex-HUC), considerou-se oportuna e necessária a criação de uma Unidade independente dedicada ao controlo de qualidade de matérias-primas e formas farmacêuticas – nasceu assim a UCQFarma (Unidade de Controlo de Qualidade de Produtos Farmacêuticos da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra).

O incremento da sua actividade e simultaneamente a necessidade de ver reconhecida a qualidade do seu trabalho, quer nacional quer internacionalmente, levou a Unidade a iniciar em 2000 o processo de Acreditação junto do Instituto Português da Qualidade (IPQ).
O esforço empreendido na implementação de um Sistema de Qualidade, com base nos requisitos do referencial Normativo NP EN 45001, então em vigor, foi reconhecido em 2001, ano em que o organismo nacional de acreditação reconheceu, formalmente, a competência técnica da UCQFarma e emitiu o respectivo Certificado de Acreditação (01L.305).

Em 2002 a UCQFARMA procedeu à transição para o novo referencial normativo NP EN ISO/IEC 17025 e à extensão do âmbito da acreditação, contando, neste momento, com 26 ensaios acreditados.

Desde a sua criação, a UCQFARMA tem investido na aquisição e modernização do seu equipamento no sentido da melhoria contínua da qualidade dos serviços prestados e da satisfação da crescente diversidade de solicitações por parte dos seus clientes.

Paralelamente à modernização tecnológica, o número de colaboradores tem vindo a aumentar quer em número quer na sua área de formação base permitindo a realização de trabalho em equipa desenvolvido por profissionais de diferentes áreas complementares (farmacêuticos, químicos, informáticos e administrativos).