a carregar...

FLUC

Centro de Línguas

Neerlandês

As unidades curriculares de Língua e Cultura Neerlandesas I (1º semestre) e Língua e Cultura Neerlandesas II (2º semestre) podem ser frequentadas por estudantes da UC como opções do plano de estudos (para licenciaturas da FLUC, como unidades da área de Formação Geral) ou como disciplinas isoladas.

Nome da/o docente

Língua e Cultura Neerlandesas I – 01014947 (6 ECTS)

Objetivos

Adquirir técnicas que permitam a familiarização com situações comunicativas e assuntos mais frequentes da vida quotidiana correspondentes ao nível A1.1, de acordo com o QECRL.

Adquirir noções básicas de fonética, ortografia e gramática neerlandesas que possibilitem o desenvolvimento das competências necessárias para formação complementar no semestre seguinte ou de formação autónoma em trabalho autodidático.

Acumular conhecimentos socioculturais sobre o país da língua em estudo.

Conhecer e saber utilizar dicionários e gramáticas de neerlandês como instrumentos de apoio à aprendizagem.

Conhecimentos de base recomendados

Nenhum

Programa

Conteúdos gramaticais:

A frase

O verbo: conjugação do presente regular e irregular, verbos modais

Pronomes pessoais, possessivos

O substantivo

O adjetivo

A negação

Conteúdo lexical e funcional:

Identificação e apresentação; família e festas; fazer compras; alimentação e vestuário.

Exercitação oral de modo a satisfazer as solicitações verbais elementares do dia-a-dia.

Métodos de Ensino

A aprendizagem processa-se via assimilação de expressões orais que abrangerão o conjunto de assuntos mais frequentes e necessários no uso quotidiano da língua neerlandesa de nível A1.1. A sua utilização treinada reforça a aptidão para transmitir uma gama notável de noções, emoções, objetivos. As componentes fonética, lexical e gramatical são faseadas progressivamente. O processo de ensino divide-se em 3 fases:

1. Apresentação de novo material temático e gramatical através de exercícios-tipo;

2. Preparação autónoma dos/as estudantes em casa;

3. Verificação, em sessão presencial, do trabalho realizado.

Avaliação

Participação ativa nas aulas – 10%

Trabalhos de casa – 30%

Mini testes – 60%

Bibliografia

Beersma, M. & W. Tersteeg. De opmaat. Naar NT-2-niveau A2. Amsterdam: Boom, 2010

Kuiper-Jong, P. Taaltempo Nederlands. Training van vraag en antwoord. Bussum: Coutinho, 2007.

Outro material didático destinado ao trabalho a realizar nas aulas será fornecido pela docente.

Dr.ª Antoinet Brink

a.brink@sapo.pt

Nome da/o docente

Língua e Cultura Neerlandesa II – 01014953 (6 ECTS)

Objetivos da unidade curricular

Desenvolver a capacidade de expressão oral no âmbito de diferentes temas da vida quotidiana correspondentes ao nível A1.2, de acordo com o QECRL.

Adquirir noções complementares das matérias gramaticais neerlandesas que possibilitem o desenvolvimento das competências necessárias para uma formação autónoma em trabalho autodidático.

Aprofundar conhecimentos socioculturais sobre o país da língua estudada.

Saber utilizar dicionários e gramáticas de neerlandês como instrumentos de apoio à aprendizagem.

Conhecimentos de base recomendados

Língua e Cultura Neerlandesas I ou nível equivalente de Neerlandês (A1)

Programa

O material estudado será estruturado em blocos temáticos, procurando-se simultaneamente dar toda a informação prática para o acesso à expressão oral e escrita, e incidirá sobre:

Conteúdo gramatical:

Estrutura da oração principal e da oração subordinada

Conjunções coordenativas e subordinativas

Verbos: o perfeito

Adjetivos: comparativo e superlativo

Pronome demonstrativo

Conteúdo lexical e funcional:

Transportes; tempos livres; habitação

Exercitação oral de modo a satisfazer as solicitações verbais elementares do dia-a-dia.

Métodos de Ensino

A aprendizagem processa-se via assimilação de expressões orais que abrangerão o conjunto de assuntos mais frequentes e necessários no uso quotidiano da língua neerlandesa de nível A1.2. A sua utilização treinada reforça a aptidão para transmitir uma gama notável de noções, emoções, objetivos. As componentes fonética, lexical e gramatical são faseadas progressivamente. O processo de ensino divide-se em 3 fases:

1. Apresentação de novo material temático e gramatical através de exercícios-tipo;

2. Preparação autónoma dos/as estudantes em casa;

3. Verificação, em sessão presencial, do trabalho realizado.

Avaliação

Participação ativa nas aulas -10%

Trabalhos de casa - 30%

Mini testes - 60%

Bibliografia

Beersma, M. & W. Tersteeg. De opmaat. Naar NT-2-niveau A2. Amsterdam: Boom, 2010

5 Kuiper-Jong, P. Taaltempo Nederlands. Training van vraag en antwoord. Bussum: Coutinho, 2007.

Outro material didático destinado ao trabalho a realizar nas aulas será fornecido pela docente.

Dr.ª Antoinet Brink

a.brink@sapo.pt

Regime

4h/semana

2 aulas/ semana