a carregar...

FLUC

Secção de Comunicação

Prémios

EX-ALUNOS PREMIADOS:

ADÉRITO ESTEVES 

  • Prémio de Jornalismo Adriano Lucas (Dezembro 2012, Coimbra), pela reportagem sobre os sem abrigo da cidade de Coimbra, a que deu o título"Ao abrigo de Coimbra"

ANA RAQUEL CARVALHO (Jornal Tribuna de Macau)

  • Prémio Macau — Reportagem 2011, com “A vida num pátio”, atribuído pela Fundação Oriente para o melhor trabalho jornalístico publicado em órgãos de comunicação social local e de Portugal, sobre temáticas de ordem cultural e sócio-económicas.

ANA RITA FARIA (Público)

  • Citi Journalist Excellence Award 2011, atribuído pelo City Bank, pelo trabalho,“Diz-me que rating tens, dir-te-ei que cidade és”.

CAROLINA  FERREIRA (RTP/Antena1)

  • Menção Honrosa da Comissão Europeia na categoria de Rádio (2014, Lisboa), pela peça "Crime, disse ele", transmitida na Antena 1.
  • Prémio Rádio "Os Direitos da Criança em Notícia" (2011), com a reportagem "Filhos de Ninguém", atribuído pelo Fórum sobre os Direitos das Crianças e dos Jovens.

JORGE PELICANO (SIC)

  • Prémio do Festival Caminhos do Cinema Português (2014, Coimbra), pela realização do documentário «Pára-me de repente o pensamento», na 20ª edição do Festival.

"Ainda Há pastores?" 

  • Menção Especial do Júri, Festival del Documentário d´Abruzzo (2009, Itália)
  • Prémio do Público, Canada's Portuguese Film Festival (2008, Toronto, Canada) 
  • Prémio Televisão da Eslováquia, Etnofilm Festival (2008, Bratislava, Eslováquia)
  • Prémio Green Award, EFFN – Environmental Film Festival Network (2007, Torino, Itália)
  • Prémio Secção Transfonteirica “Melhor documentário”, EXTREMA DOC (2007, Cáceres, Espanha)
  • Prémio “Atlântico”, Play-Doc (2007, Tui, Espanha)
  • Prémio Imprensa Caminhos do Cinema Português (2007, Coimbra)
  • Prémio “Cora Coralina” (Melhor filme), FICA (2007, Brasil)
  • Prémio Zumballe Melhor Documentário – MIVICO (2007, Ponteares, Galiza)
  • Prémio “Lusofonia”,Cine Eco (2006, Seia)
  • Menção Honrosa do Júri da Juventude, Cine Eco (2006, Seia)
  • Menção Especial no 2º Festival Internacional de Cine Documental de la Ciudad de México.
  • Prémio Melhor Documentário, (Katmandhu, Nepal)
  • 2º Classificado , Categoria documenário, Ecologico International Film Festival (Lecce, Italia)

"Pare, Escute, Olhe" 

  • Prémio  Cittá di Bolzano (2011, Itália), para o Melhor Filme de Exploração e Aventura, na 59.ª edição do Trento Film Festival
  • Melhor Documentário Português, DOCLISBOA (2009)
  • Melhor Montagem, DOCLISBOA (2009
  • Prémio IPJ Escolas, DOCLISBOA (2009, Grande) 
  • Prémio do Ambiente, CINE ECO (2009, Seia Grande)
  • Prémio da Lusofonia, CINE ECO (2009, Seia)
  • Prémio Especial da Juventude, CINE ECO (2009, Seia)

Reportagens SIC TV

  • Prémio Convergência “Crianças Vendem-se”, Impresa (2009)
  • Prémio de Jornalismo Família na Comunicação Social “Uma vida normal” (2009)
  • Prémio ANMP- Municípios Portugueses “Vida Interior” (2009)
  • Melhor Imagem “Uma Vida Normal”, FIGRA (2009) 
  • Menção Honrosa “Rosa Brava”, AMI - Contra a Indiferença (2008)
  • Prémio “Cáceres Monteiro”- “Uma vida normal”, Impresa (2008)
  • 1º Prémio de Jornalismo na Área de Saúde Mental “Mentes inquietas”, Fundação AstraZeneca (2009)

MARIA JOÃO GUIMARÃES (Público)

  • Prémio de Reportagem Norberto Lopes (Maio 2013), pelo conjunto das suas 10 reportagens sobre as eleições na Grécia, atribuído pela Casa da Imprensa.

  • Prémio Juntos contra discriminação (2011), pelo trabalho, “Vizinhos dos neonazis para lutar contra eles”, atribuído pela Comissão Europeia.

  • Prémio Europeu de Jovem Jornalista (2010), com o trabalho “A queda dos dois lados” (sobre o Muro de Berlim), atribuído pela Comissão Europeia.

  • Prémio de Jornalismo do Parlamento Europeu (2010), com o trabalho, “Eurodeputados: as leis deles mudam a nossa vida”.

  • American Club of Lisbon Award  (2010) — prémio para projeto sobre artigo sobre mentores de adolescentes em risco, nos EUA.

MARIA JOÃO LOPES (FREELANCE; colaboradora do Público)

  • Prémio Branquinho da Fonseca (F.Calouste Gulbenkian, 2011)

PAULO NUNO VICENTE (Antena 1)

  • Prémio de Jornalismo - Direitos Humanos e Integração (Rádio) — 2009, pelo trabalho, "Chade: no coração morto de África"
  • Prize of Mayor, Agrofilm Festival 2009, Slovakia, pelo documentário "Construir o Paraíso Aqui"

RICARDO DIAS FELNER (Público e Sábado)

  • Prémio do Alto Comissariado para a Imigração e Minorias Étnicas (2006)— pela reportagem “Os imigrantes pagam...” (sobre os gastos dos imigrantes nos processos de legalização e toda a burocracia envolvida);
  • Prémio Literário Orlando Gonçalves (2006), pela reportagem “Doentes graves, africanos, depositados em pensões obscuras”;
  • Prémio Jornalista Revelação (2002), atribuído pelo CPJ, com o trabalho, “A favela aqui tão perto”, uma reportagem sobre a Cova da Moura.

RODRIGO DE MATOS (Expresso)

  • Menção honrosa do concurso de cartoon SICACO (Janeiro 2015, Coreia do Sul) - na 23ª edição do concurso internacional de cartoon de Sejong.

  • Prémio World Press Freedom (2014, Canadá) - recebeu o 3º prémio na 14ª competição internacional de cartoons editoriais Word Press Fredoom, do comité canadiano para a liberdade de imprensa, por um cartoon com o tema "o Big Brother está a vigiar-te".

  • Prémio Press Cartoon Europe (Fevereiro 2014, Bélgica) - distinção internacional foi-lhe atribuída por um trabalho alusivo ao tema do futebol publicado no Expresso Economia, em Novembro de 2013.

SOFIA BRANCO (Público; LUSA)

  • Mulher Reportagem Maria Lamas, atribuído pelas ONG do Conselho Consultivo da Comissão para a Igualdade e para os Direitos das Mulheres. Grande Prémio Jornalismo pela Tolerância, atribuído pelo Alto Comissariado para a Imigração e Minorias Étnicas. Menção honrosa do prémio Jornalismo contra a Indiferença, da Fundação AMI-Assistência Médica Internacional. Natali Europe, galardão mundial da Comissão Europeia e da Federação Internacional de Jornalistas que distingue os jornalistas no campo da defesa e promoção dos direitos humanos. Prémio Comandante José Manuel Cabral, concedido pela Comissão Nacional da Declaração Universal dos Direitos Humanos.
  • Medalha de Ouro da Assembleia da República em 2005. Prémio do Parlamento Europeu em Portugal pela cobertura da presidência portuguesa da União Europeia para o Público.

VITOR RODRIGUES OLIVEIRA (Antena 1)

  • Prémio Gazeta Revelação  2008, pelo conjunto dos seguintes trabalhos: «Hoje há festa em Bombaim» (sobre os atentados de 2008) «As tranças de Obama» (um salão de cabeleireiro que homenageava Obama) e «Herança do dragão» (comunidade chinesa em Portugal).