a carregar...

FLUC

Grupo de Investigação em Geografia da Saúde

foto_psantana_2012

Paula Santana

Geógrafa. Doutorada em Geografia e Professora Catedrática da Universidade de Coimbra.

Tem-se dedicado à docência e investigação da geografia da saúde e do planeamento urbano sustentável, com destaque para a associação entre os aspectos de contexto e de composição e a saúde e bem–estar da população. A relevância destes temas tem-se traduzido em conferências e comunicações proferidas em todo o Mundo, em aulas que lecionou em Portugal (em diversos cursos e instituições) e no Estrangeiro (Reino Unido, Espanha, Finlândia, Macau e Brasil), em 4 prémios de reconhecimento científico que já ganhou e em publicações – 13 livros e mais de 200 títulos em revistas nacionais e internacionais.

Coordenadora de vários projectos de âmbito nacional, financiados pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT): Planeamento Urbano Saudável. Desenvolvimento e aplicação de um modelo ao caso da Amadora (POCTI/GEO/45730/2002); GeoHealthS - Geografia do Estado de Saúde. Uma aplicação do Índice de Saúde da População nos últimos 20 anos (PTDC/CS-GEO/122566/2010) e SMAILE - Saúde Mental - Avaliação do Impacte das condicionantes Locais e Económicas (PTDC/ATP-GEO/4101/2012).

Coordenadora de vários estudos de âmbito nacional, financiados pelo Ministério da Saúde, de que são exemplo os estudos da Acessibilidade à Rede de Urgência/Emergência do SNS em Portugal Continental (2012) e da Caracterização demográfica dos profissionais de saúde no Sistema Nacional de Saúde Português (2006-2007.

Representante de Portugal em vários projetos internacionais, financiados pela União Europeia (e.g. DEMETRIQ, INEQ-Cities, EURO-GBD-SE, EUROTHINE).

Referee de 7 importantes revistas internacionais (e.g. Health & Place, International Journal for Equity in Health).

Membro da International Geographical Union Commission on Health and the Environment (IGU-CHE), desde 1995.

Representante de Portugal em vários programas científicos internacionais: Conselheira da WHO - Urban Planning, Environment and Health (2008); perita do General-Directorate of Health (Climate Change and consequences on Health) desde 2009; Membro do grupo de revisores do programa da European Science Foundation (2001-2007) e colaboradora externa do Social and Public Health Science Unit na Medical Research Council de Glasgow (2004-2013). 

Coordenadora do Gabinete de Informação e Prospetiva do Alto Comissariado para a Saúde (ACS), responsável pela monitorização do Plano Nacional de Saúde 2004-2010 e pela disponibilização de indicadores de saúde, de 2006 a 2008.

Vice-Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo (CCDR-LVT), entre Janeiro de 2009 a Janeiro de 2012.

Coordenadora do Projeto Europeu EURO-HEALTHY: Shaping EUROpean policies to promote HEALTH equity (EU Horizon 2020: Grant Agreement No 643398), desde Janeiro de 2015.

Research Gate

claudia_costa_n

Cláudia Costa

Geógrafa. Doutoranda em Geografia na Universidade de Coimbra, desde 2012. Encontra-se a desenvolver tese sobre o Impacte da Acessibilidade Geográfica na Mortalidade Evitável sensível aos cuidados de saúde em Portugal nos últimos 20 anos, com orientação da Doutora Paula Santana (CEGOT/UC) e do Doutor José António Tenedório (e-GEO, FCSH/UNL).

Mestre em Ciência & Sistemas de Informação Geográfica no ISEGI-UNL (2011), com a dissertação "Localização óptima do futuro Hospital de Sintra: aplicação de modelos de location-allocation no planeamento de cuidados de saúde". Licenciada em Geografia, Ordenamento do Território e Desenvolvimento pela Universidade de Coimbra (2003) com incursão na Universidade de Utrecht (Holanda) para realização do Curso de Geografia para Estrangeiros (2001/2002). Pós-graduada em Sistemas de Informação Geográfica e Metodologias para Aquisição de Informação pela Universidade Atlântica (2005), com a dissertação "Sistema de Informação Geográfica para Optimização de Circuitos de Recolha de Resíduos Sólidos – Freguesia de Queijas". 

Membro da equipa de investigação do Grupo de Investigação em Geografia da Saúde, desde 2006. Neste contexto, foi bolseira de diversos projectos de investigação científica, nacionais e internacionais, nomeadamente o projecto INEQ-CITIES, GeoHealthS e SMAILE. As suas áreas de investigação têm passado pelo desenvolvimento e implementação de metodologias de análise espacial aplicados ao planeamento de equipamentos e recursos humanos e à avaliação das características de contexto. Recentemente tem também aplicado modelos estatísticos bayesianos para  avaliar a associação entre determinantes contextuais e resultados em saúde.

Revisora da Revista Portuguesa de Saúde Pública, desde 2015.

Membro da Young Researcher Network (Young CHE) on Health Geography da International Geographical Union Commission on Health and the Environment (IGU-CHE), desde 2015.

Bolseira de Investigação Científica do Projeto Europeu EURO-HEALTHY: Shaping EUROpean policies to promote HEALTH equity (EU Horizon 2020: Grant Agreement No 643398), desde Outubro de 2015.

Research Gate



angela_freitas

Ângela Freitas

Geógrafa. Doutoranda em Geografia na Universidade de Coimbra, desde 2013.

Mestre em Sistemas de Informação Geográfica e Ordenamento do Território pela Universidade do Porto (2011), com a dissertação "Perfis de Procura e Localização Residencial". Licenciada em Geografia, Ordenamento do Território e Desenvolvimento pela Universidade de Coimbra (2006), com o trabalho final "Construir cidade no século XXI. Planeamento urbano e repercussões sobre a qualidade de vida e bem-estar – Atividade Física e Espaço Urbano. Caso de estudo: Amadora".  Bolseira de Investigação em projetos de investigação na área do planeamento de equipamentos coletivos (educativos, desportivos e sociais), às escalas municipal, regional e nacional, na Universidade de Coimbra, entre 2007 e 2010. Técnica Superior na Administração da Universidade de Coimbra, entre 2010 e 2012.

Membro da equipa de investigação do Grupo de Investigação em Geografia da Saúde na Universidade de Coimbra, desde 2012.

Bolseira de Investigação Científica no Projeto de Investigação "GeohealthS. Geografia do Estado de Saúde – Uma aplicação do Índice de Saúde da População nos últimos 20 anos", financiado pela FCT (PTDC/CS-GEO/122566/2010), entre 2012 e 2015.

Bolsa Sasakawa Young Leader Fellowship Fund (SYLFF), Tokyo Foundation, para desenvolvimento do projeto de doutoramento, em Outubro de 2014.

Membro da Young Researcher Network (Young CHE) on Health Geography da International Geographical Union Commission on Health and the Environment (IGU-CHE), desde 2015.

Bolseira de Investigação Científica do Projeto Europeu
EURO-HEALTHY: Shaping EUROpean policies to promote HEALTH equity (EU Horizon 2020: Grant Agreement No 643398), desde Agosto de 2015.

Research Gate



Adriana Sofia da Silva Loureiro

Adriana Loureiro

Geógrafa. Doutoranda em Geografia na Universidade de Coimbra, desde 2013.

Mestre em Geografia Humana, Ordenamento do Território e Desenvolvimento pela Universidade de Coimbra (2011), com a dissertação "Abordagem Epidemiológica da Utilização do Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca segundo os Grupos de Diagnósticos Homogéneos". Bolseira SYLFF (2011). Licenciada em Geografia, Ordenamento do Território e Desenvolvimento pela Universidade de Coimbra (2007). Estudante Erasmus na Universidade Complutense de Madrid (2006).

Membro da equipa de investigação do Grupo de Investigação em Geografia da Saúde na Universidade de Coimbra, desde 2008. Técnica Superior do programa municipal "Figueira, Cidade Saudável" da Câmara Municipal da Figueira da Foz, entre 2011 e 2012 e Consultora do mesmo, desde 2012. Tem participado em projetos de planeamento e caraterização em saúde, nomeadamente ao nível do planeamento urbano saudável e da avaliação de impacto em saúde.

Investigadora do Projeto SMAILE - Saúde Mental - Avaliação do Impacte das Condicionantes Locais e Económicas, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (PTDC/ATP-GEO/4101/2012), desde 2013.

Bolseira de Doutoramento da Fundação para a Ciência e Tecnologia, desde 2014 com a tese "Avaliação de Impactos do Território na Saúde Mental" (SFRH/BD/92369/2013).



ricardo_almendra

Ricardo Almendra

Geógrafo. Doutorando em Geografia na Universidade de Coimbra, desde 2012.

Mestre em Geografia Humana, Ordenamento do Território e Desenvolvimento pela Universidade de Coimbra (2011), com a dissertação "Geografia da doença Cardiovascular: Enfarte Agudo do Miocárdio – padrões e sazonalidade". Licenciado em Geografia, Ordenamento do Território e Desenvolvimento pela Universidade de Coimbra (2007). Bolseiro de Investigação no Gabinete de Investigação em Geografia da Saúde, entre 2008 e 2009. Assessor do Alto Comissariado da Saúde no Gabinete de Informação e Prospetiva, entre 2009 e 2011.

Membro da equipa de investigação do Grupo de Investigação em Geografia da Saúde na Universidade de Coimbra, desde 2008. Bolseiro de Investigação Científica do Projeto CLIMAHABS projeto financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (PTDC/AUR-AQI/115688/2009), de 2011 a 2014.

Bolseiro de Investigação Científica no Projeto de Investigação "GeohealthS. Geografia do Estado de Saúde – Uma aplicação do Índice de Saúde da População nos últimos 20 anos", financiado pela FCT (PTDC/CS-GEO/122566/2010), em 2014.

Bolseiro de Doutoramento da Fundação para a Ciência e Tecnologia, desde 2014, com a tese "A vulnerabilidade ao frio em Portugal: custos sociais e económicos do excesso de mortalidade e de morbilidade durante o inverno" (SFRH/BD/92568/2013).

Research Gate

foto_Iwa

Iwa Stefanik

Mestre em Saúde Global e licenciatura em Saúde Pública Europeia, pela Universidade de Maastricht.

Investigadora na área da saúde pública, nomeadamente nas áreas da saúde ambiental, governança em saúde e políticas de saúde. Participou em vários projetos multidisciplinares de âmbito internacional, nomeadamente na área da redução do risco de catástrofes (Paquistão), da mitigação do impacto das alterações climáticas na saúde (Tailândia/Bangladesh), do tratamento de resíduos sólidos urbanos (Índia) e poluição urbana nas áreas metropolitanas (Beijing/Lisboa).

Bolseira de Investigação Científica do Projeto Europeu EURO-HEALTHY: Shaping EUROpean policies to promote HEALTH equity (EU Horizon 2020: Grant Agreement No 643398), desde Janeiro de 2015.

foto_catarina

Catarina Barros

Geógrafa. Mestranda em Geografia Humana - Ordenamento do Território e Desenvolvimento na Universidade de Coimbra, desde 2014.

Licenciada em Geografia, Área de Pré-especialização em Geografia Humana pela Universidade de Coimbra (2014).

Membro da equipa de investigação do Grupo de Investigação em Geografia da Saúde na Universidade de Coimbra, desde 2014.

Bolseira de Investigação no Projeto 215SM5: Evaluating and improving the access to mental health services of people affected by economic crisis in Portugal, financiado pelo Programa Iniciativas em Saúde Pública – EEA Grants.

foto_catia leal

Cátial Leal

Geógrafa. Mestre em Geografia Física, Ambiente e Ordenamento do Território pela Universidade de Coimbra (2014), com a dissertação “A escarpa dos Arrifes do Maciço Calcário Estremenho. Proposta de classificação a Património Geomorfológico” (2014).

Licenciada em Geografia, Ambiente e Desenvolvimento pela Universidade de Coimbra (2008), com o trabalho final “Os espaços verdes na cidade de Coimbra. Uma abordagem topo e microclimática”.

Bolseira de Investigação Científica no projeto “CAVE - Karstic caves of Central Portugal as palaeoenvironmental archives. Speleogenesis and present-day dynamics” financiado pela Fundação de Ciência e Tecnologia (PTDC/CTE-GIX/117608/2010), de 2013 a 2014. Tem participado em projetos de prestação de serviços sobre riscos naturais e tecnológicos, nomeadamente ao nível da cartografia municipal de risco de apoio à revisão de instrumentos de gestão territorial, no Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Coimbra, entre 2009 e 2012.

Membro da equipa de investigação do Grupo de Investigação em Geografia da Saúde na Universidade de Coimbra, desde 2015.

Bolseira de Investigação Científica do Projeto Europeu EURO-HEALTHY: Shaping EUROpean policies to promote HEALTH equity (EU Horizon 2020: Grant Agreement No 643398), desde Outubro de 2015.

Research Gate