a carregar...

FLUC

Grupo de Investigação em Geografia da Saúde

Planeamento Urbano Saudável

A rápida concentração da população nos centros urbanos durante os séculos XIX e princípio do XX tem gerado problemas de diversa ordem que tornam a atuação ao nível do planeamento urbano imprescindível. As necessidades dos residentes na urbe são assim orientadoras das formas de fazer o espaço urbano, sendo desígnios do planeamento urbano saudável a sustentabilidade, a qualidade de vida e bem-estar da população. O que se pretende é a criação de ambientes que promovam a saúde e previnam a doença, através de uma leitura multinível da realidade urbana.

Investigação

NACIONAL

2004 a 2007: Planeamento Urbano Saudável. Desenvolvimento e aplicação de um modelo ao caso da Amadora. Financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (POCTI/GEO/45730/2002). Prémio de Reconhecimento Científico 2008, Rede Portuguesa das Cidades Saudáveis, em co-autoria.

INTERNACIONAL

2012 (desde): Representação de Portugal no projeto europeu Developing Methodologies to Reduce Inequalities in the Determinants of Health (DEMETRIQ), coordenado pelo professor Johan Mackenbach da Universidade de Erasmus MC, Roterdão. Financiado pela União Europeia.

2009 a 2012: Representação de Portugal no projeto europeu Socioeconomic inequalities in mortality in smalll areas of European cities at the turne f the century (INEQ-Cities), coordenado pela Agència de Salud Pública de Barcelona. Financiado pela DG SANCO da União Europeia, Public Health Executive Agency, através do Programa Community action in the field of Public Health

2003 a 2008: Projeto Europeu Social and Spatial Patterning of Health, Neighbourhood influences on health in different national settings. Coordenado pelo Medical Research Council's Unit (MRC) da Universidade de Glasgow, Financiado pelo MRC.

Principais Publicações

ARTIGOS EM REVISTAS INTERNACIONAIS COM REFEREE

2012: Santana, P.; Santos, R. & Costa, C., “Overweight and Obesity. Places and people. A multilevel analysis in Lisbon Metropolitan Area“. European Journal of Epidemiology, 27(1), p.149-150.

2011: Santana, P; Santos, R.; Costa, C. & Loureiro, A., “The influence of Walkable Urban Green Spaces in the Population of Amadora, Portugal”, TRIA - Rivista internazionale di cultura urbanistica,“The transversal role of the different knowledges in the promotion of the city“, vol.6, Università degli Studi "Federico II" di Napoli, Nápoles, p. 57-70.

2010: Costa, C.; Santana, P.; Santos, R., Loureiro, A. (2010) Pre-School Facilities and catchment area profiling: a planning support method, Lecture Notes on Geoinformation and Cartography, Volume 0, 97-117, DOI: 10.1007/978-3-642-12326-9_6 (Scopus)

2010: Santana, P; Santos, R.; Costa, C.; Roque, N. & Loureiro, A., “Crime: Impacts of Urban Design”, TRIA - Rivista internazionale di cultura urbanistica, “Safety“, vol. 5, Università degli Studi "Federico II" di Napoli, Nápoles (p.39-48)

2009: Santana, P.; Santos, R. & Nogueira, H. (2009) – “The link between local environment and obesity: a multilevel analysis in the Lisbon Metropolitan Area, Portugal". Social Science and Medicine, vol. 68(4) (p. 601-609).

2008: Santana, P.; Nogueira, H. & Rita, S. (2008), “Comunidades Sustentáveis: Impacte do Contexto Social e Material no Aumento de Peso e Obesidade”, Revista Brasileira de Ciências Ambientais, nº 11 - “Indicadores para Desenvolvimento Sustentável: o Desafio de Medir”, Dezembro, São Paulo.

ARTIGOS EM REVISTAS NACIONAIS

2011: Santana, P. (2011), "Saúde e Qualidade de Vida em Meio Urbano", Indústria e Ambiente – Revista de Informação Técnica e Científica, 70 (p. 8-11).

2010: Santana, P.; Costa, C.; Santos, R. & Loureiro, A. (2010) - “O papel dos Espaços Verdes Urbanos no bem-estar e saúde das populações”, Revista de Estudos Demográficos, nº 48, Instituto Nacional de Estatística (INE), Portugal (p. 5-33).

2009: Santana, P. (2009) - “Por uma Cidade Saudável”, in: JANUS 2009 – Portugal no Mundo “Aspecto da Conjuntura Internacional. A Saúde no Mundo”. Jornal Público / Universidade Autónoma de Lisboa (p. 83-84).

2009: Santana, P. (2009) – “Urbanização e Saúde”, in: JANUS 2009 – Portugal no Mundo “Aspecto da Conjuntura Internacional. A Saúde no Mundo”. Jornal Público / Universidade Autónoma de Lisboa (p. 80-82).

2007: Santana, P. (2007) – “Saúde Urbana e Ambiente”, Rua Larga - Revista da Reitoria da Universidade de Coimbra, 17, Julho (p. 32-33).

2006: Santana, P.; Nogueira, H. e Santos, R. (2006) -“O Papel do Ambiente Físico e Social na Construção de Comunidades Saudáveis. Ensaio Metodológico Aplicado à Amadora”, Revista Engenharia Civil/Civil Engineering, nº 27, Universidade do Minho, Portugal (p. 17-28).

LIVROS

2007: Santana, P. (2007) – A Cidade e a Saúde (Coord.), Coimbra, Almedina (pp. 254).

CAPÍTULOS DE LIVROS

2008: Santana, P.; Nogueira, H. (2008), “Environment and Health: Place, sense of place and weight gain in urban areas”, in: Place, sense of place and quality of life, John Eyles and Williams (eds.) (p. 153-165).

2008: Santana, P.; Nogueira H. (2008), “Mortalidade “evitável”. Avaliação das necessidades em saúde e acesso aos cuidados de saúde em Portugal. Problema na Grande Lisboa. In: Christovam Barcellos (org.) A Geografia e o Contexto dos Problemas de Saúde. Ed. ABRASCO, Rio de Janeiro. (p.299-319) ISBN 978 85 61732 00 4.

2007: Nogueira, H. Santana, P., Santos, R. (2007), “Saúde: vulnerabilidade e oportunidade na Área Metropolitana de Lisboa”, in: Santana, P. (coord.) A Cidade e a Saúde, Coimbra, Almedina (p. 119-132).

2007: Santana, P., Nogueira, H., Santos, R. (2007), “Ambientes obesogénicos: contexto, mobilidade, dieta”, in: Santana, P. (coord.) A Cidade e a Saúde, Coimbra, Almedina (p. 143-154).

2007: Santana, P., Nogueira, H., Costa, C. e Santos, R. (2007), “Identificação das vulnerabilidades do ambiente físico e social na construção da cidade saudável”, in: Santana, P. (coord.) A Cidade e a Saúde, Coimbra, Almedina (p. 165-180).

2007: Santana, P. e Roque, N. (2007), “A (In)Segurança na Amadora”, in: Santana, P. (coord.) A Cidade e a Saúde, Coimbra, Almedina (p. 181-196).

2007: Santana, P., Nogueira, H., Santos, R. e Costa, C. (2007), “Avaliação da qualidade ambiental dos espaços verdes urbanos no bem-estar e na saúde”, in: Santana, P. (coord.) A Cidade e a Saúde, Coimbra, Almedina (p. 219-246).

2007: Santana, P., Nogueira, H., Santos, R. e Costa, C. (2007), “Melhorar a Saúde na Amadora intervindo no ambiente físico e social”, in: Santana, P. (coord.) A Cidade e a Saúde, Coimbra, Almedina (p. 147-154).

2006: Santana, P.; Nogueira, H. e Santos, R. (2006), “Impacts of Urbanization on Weight Gain and Obesity in Portugal”, in: Urban Changes in Different Scales: Systems and Structures. R. González (ed.). Universidade de Santiago de Compostela, Publicacións, (p. 275-286).

2006: Nogueira, H.; Santana, P. e Santos, R. (2006), “Linking perceptions of health to neighbourhood environment in Lisboa Metropolitan Area, Portugal”, in: The Sustainable City IV. Urban Regeneration and Sustainability. U. Mander, C.A. Brebbia e E. Tiezzi (eds.). Southampton, Boston, WIT Press, (p. 723-733) ISBN 1-84564-040-3.

OUTRAS

2012: Gomez A., Costa P., Santana P., Los espacios verdes urbanos en Portugal y en España: situación actual y retos de futuro. XI Congreso del Grupo de Urbana de la AGE Las ciudades y el sistema urbano: una reflexión en tiempos de crisis, Santiago de Compostela, 9-14 de Julho

2013: Gomez A., Costa C., Santana P., Planear o Verde Urbano. Que Espaços Verdes para a População? 1st International Meeting – Geography & Politics, Policies and Planning, Porto, ISBN:978-989-8648-03-7

2009: Santana, P; Santos, R., Costa, C., Walkable Urban Green Spaces: Health Impact Assessment in Amadora, Portugal; 14th International Conference on Urban Planning and Regional Development in the Information Society GeoMultimedia 2009