a carregar...

FLUC

Faculdade de Letras

Intervenção Arqueológica: Torre Velha, Castro de Avelãs (Bragança)

Coordenação: Prof. Doutor Pedro C. Carvalho

Entidade a quem se presta o serviço: Câmara Municipal de Bragança



Apesar do significativo número de vestígios arqueológicos conhecidos no atual concelho de Bragança, o sítio da Torre Velha / Terras de S. Sebastião, em Castro de Avelãs, é seguramente um dos que mais se destaca pelo carácter excecional dos achados aqui efetuados e um dos mais citados na bibliografia arqueológica relativa a toda a região transmontana, sendo habitualmente identificado como a possível capital dos Zoelas (ou Zelas) em época romana, ou seja, como sede da civitas Zoelarum. À civitas dos Zoelae, em época sueva, poderá ainda ter eventualmente sucedido o pagus Brigantia, mencionado no Parochiale Suevum, redigido já na segunda metade do séc. VI.

Foi precisamente a importância atribuída a este lugar que justificou a intervenção arqueológica em curso. Para o efeito, a Autarquia de Bragança e a Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra celebraram um protocolo em 28 de junho de 2012. No quadro desse protocolo já se efetuou - entre julho e setembro de 2012 - uma primeira campanha de escavações arqueológicas no local. Nesta participaram cerca de 40 alunos de licenciatura e mestrado em Arqueologia da FLUC. Para o verão de 2013 encontra-se prevista uma segunda campanha de escavações em Castro de Avelãs, sendo depois publicados e divulgados os resultados de toda a intervenção. Com vista a um eventual plano de atuação mais alargado para o local, proceder-se-á também à avaliação do seu potencial científico e patrimonial.