a carregar...

FMUC

Faculdade de Medicina

Mestrado em Patologia Experimental

Coordenador
Profa. Doutora Maria Filomena Botelho
Duração4 semestres
Nº Vagas20
ECTS120
Propina anual
1.500,00€ (5.000,00€ estudante internacional)
Contacto para informações

Gestão Académica | Estudos Pós-Graduados da FMUC

Telefone: + 351 239 857 720

e-mail: posgraduado@fmed.uc.pt

Gabinete de Estudos Avançados

Telefone: +351 239 857 729

e-mail: gea@fmed.uc.pt

Mais informações sobre o curso
https://apps.uc.pt/courses/PT/course/1389

Nota:  A conclusão com aproveitamento das unidades curriculares dos dois primeiros semestres, correspondentes a 60 ECTS, confere diploma de estudos pós-graduados em Patologia Experimental.


Objetivos

A Investigação Científica e Tecnológica constitui um dos principais pilares do desenvolvimento da sociedade actual.

A um ritmo sempre crescente, temos vindo a assistir nos últimos anos a um multiplicar de conhecimentos e novas técnicas, que têm transformado de modo significativo e profundo a vida da comunidade científica. Se muita da actividade de Investigação Científica e Tecnológica requer a disponibilidade de avultados meios humanos e materiais que limitam bastante a actividade, nem sempre assim acontece.

A existência de recursos moderados embora seja limitante de muita actividade de pesquisa, não constitui uma barreira absoluta. Entendemos assim, que é nossa obrigação contribuir para uma melhoria de capacidade de pesquisa a médio prazo e a longo prazo. Nesse sentido, propomos um curso que tem por objectivo contribuir para a formação de novos quadros ainda mais aptos para a prática da pesquisa científica, nomeadamente na área da Patologia, com recurso a modelos experimentais, in vivo e in vitro.

Aproveitando a experiência de docentes da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra, de outras Universidades e da Indústria, propomos desenvolver um curso de Patologia Experimental que contribua para o desenvolvimento de uma rede de investigação e ensino, com outras instituições públicas e privadas, fomentando também a interdisciplinaridade.

As competências a alcançar, de acordo com os objectivos enunciados, são:

1. Conhecer as normas e legislação fundamental relativas à investigação laboratorial in vivo com animais de laboratório, in vitro e com a espécie humana;

2. Conhecer as bases morfofuncionais e biopatológicas da planificação e do desenvolvimento de modelos experimentais em Patologia;

3. Ser capaz de emitir um parecer crítico fundamentado, em termos de Ética/Bioética, incluindo o Bem Estar Animal, relativamente a projectos de Patologia Experimental;

4. Ser capaz de planificar um projecto de investigação em Patologia Experimental;

5. Ser capaz de executar procedimentos laboratoriais com animais de laboratório, nomeadamente a colheita de produtos para análise e participar no exame necrópsico;

6. Empregar técnicas de cultura de tecidos para estudos de Patologia Experimental.



Plano de Estudos

1º Semestre 
Unidades curriculares Créditos (ECTS)
Procedimentos Laboratoriais 6
Técnicas Laboratoriais 6
Histopatologia em Patologia Experimental 6
Técnicas Experimentais 6
Biomateriais e Biocompatibilidade 6
2º Semestre 
Unidades curriculares Créditos (ECTS)
Modelos em Patologia Experimental 6
Oncologia Experimental 5
Toxicologia Experimental 5
Modelos em Regeneração Experimental 5
Técnicas em Cirurgia Experimental 5
Seminários Interdisciplinares 4
3º Semestre 
Unidades curriculares Créditos (ECTS)
Trabalho Laboratorial de Preparação da Tese 30
4º Semestre 
Unidades curriculares Créditos (ECTS)
Apresentação e Defesa da Tese 30

Candidatura 2017/18

Período de candidatura

1ª fase – Não abre candidaturas nesta fase

2ª fase – 1 de abril  a 15 de julho de 2017

3ª fase – 24 de agosto a 5 de setembro de 2017

Local de candidatura

Candidatura on-line em https://inforestudante.uc.pt/nonio/security/candidaturas.do

Condições de acesso

a)Titulares de um curso de 1º ciclo, ou ciclo integrado, na área das Ciências da Saúde, Ciências da Vida e Ciências Tecnológicas.

b) Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.o ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;

c) Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objectivos do grau de licenciado pelo órgão científico estatutariamente competente do estabelecimento de ensino superior onde pretendem ser admitidos;

d) Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo órgão científico estatutariamente competente do estabelecimento de ensino superior onde pretendem ser admitidos.

2 - O reconhecimento a que se referem as alíneas b) a d) do n.º 1 tem como efeito apenas o acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre e não confere ao seu titular a equivalência ao grau de licenciado ou o reconhecimento desse grau.


Observações

Para mais informações, deverá consultar o site:
http://www.uc.pt/candidatos/


Equipa docente (Informação provisória)

António Silvério Cabrita (FMUC), Stefano Geuna (ITÁLIA), Etiéne Schacht (BÉLGICA), Ivone A. Souza (BRASIL), Fidel San Roman (ESPANHA), Mário Ribeiro (BRASIL), Nicodemos Filho (BRASIL) Arnaldo Figueiredo (FMUC), Artur Varejão (UTAD), Carlos Fontes Ribeiro (FMUC), Carlos Antunes Viegas (UTAD), Carlos Gonçalves (FMUC), Fátima Martins (FMUC), Filomena Botelho (FMUC), Francelina da Cruz Lopes (FMUC), Francisco Corte-Real (FMUC), Fernando Guerra (FMUC), Eunice Carrilho (FMUC), Maria dos Anjos Pires (UTAD), Maria Helena Gil (FCTUC), Maria Isabel Ribeiro Dias (UTAD), Fernanda Seixas (UTAD), Rui de Carvalho (FCTUC), Alberto Canelas (FCTUC), Luís Arnaut (FCTUC),.

FMUC – Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra; UTAD – Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro; FCTUC – Faculdade de Ciências da Universidade de Coimbra, FFUC – Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra

Local e horário de funcionamento

Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (Pólo 1) – Laboratório de Patologia Experimental,

Sábados das 09:00 - 13:00 e das 14:00 as 18:00 horas