a carregar...

FMUC

Faculdade de Medicina

Mestrado em Saúde Ocupacional

Coordenador
Prof. Doutor António Jorge Correia Gouveia Ferreira
Duração4 semestres
Nº Vagas20
ECTS120
Propina anual
1.300,00€ (5.000,00€ estudante internacional)
Contacto para informações

Gestão Académica | Estudos Pós-Graduados da FMUC

Telefone: + 351 239 857 720

e-mail: posgraduado@fmed.uc.pt

Gabinete de Estudos Avançados

Telefone: +351 239 857 729

e-mail: gea@fmed.uc.pt

Para mais informações
https://apps.uc.pt/courses/PT/course/1394

Notas importantes:

-A conclusão com aproveitamento das unidades curriculares dos dois primeiros semestres, correspondentes a 60 ECTS, confere diploma de estudos pós-graduados em Saúde Ocupacional, independentemente da área científica de proveniência dos candidatos.

- Os 60 ECTS dos dois primeiros semestres encontram-se atualmente homologados pela Ordem dos Médicos como habilitação adequada para a obtenção da Formação teórica específica (até 256 horas), preconizada no programa de formação específica da Especialidade de Medicina do Trabalho, criado pela Portaria n.º 307/2012 publicada no Diário da República, 1.ª série — N.º 194 — 8 de outubro de 2012, de acordo com as alíneas 3.3 e 5.2 do respetivo anexo.

Apresentação e objetivos gerais definidos para o ciclo de estudos

Este mestrado visa contribuir para o conhecimento e dinamização do importante sector da Saúde Ocupacional, através da diferenciação técnica e científica de licenciados de diversas áreas de formação, permitindo criar um referencial de qualidade na sua formação, ao facultar a aquisição de conhecimentos teóricos e práticos nas principais áreas científicas da Saúde, Higiene e Segurança no Trabalho.

Estes objetivos são comuns ao Plano Nacional de Saúde, Plano Nacional da Saúde Ocupacional e Estratégia Nacional para a Segurança e Saúde do Trabalho, procurando “responder às necessidades, crescentes e emergentes, de intervenção em saúde no contexto laboral, visando promover o valor da saúde e a qualidade de vida no trabalho, através de ambientes de trabalho saudáveis”.

Este mestrado tem um carácter transversal no âmbito do conhecimento no domínio das ciências da saúde e da vida, não habilitando à prática de qualquer atividade médica por parte de quem não esteja inscrito na Ordem dos Médicos.


Plano de Estudos:

Unidades Curriculares: Créditos (ECTS)

1º Ano Curricular

 
1º Semestre 
Epidemiologia 4
Bioestastística 4
Higiene Ocupacional I 6
Organização e Administração da Saúde Ocupacional 4
Psicologia e Ciências Sociais do Trabalho 6
Legislação e Medicina Legal do Trabalho 6
Patologia e Toxicologia do Trabalho 10
Clínica do Trabalho I 10
2º Semestre 
Técnicas de Administração da Saúde Pública 4
Engenharia Ambiental 4
Ergonomia e Fisiologia do Trabalho 12
Higiene Ocupacional II 6
Segurança do Trabalho 4
Clínica do Trabalho II 5
Seminários 5
2º Ano Curricular 
Dissertação 60

Candidatura 2017/18

Período de candidatura

1ª fase  – Não abre candidaturas nesta fase

2ª fase  – 1 de abril a 15 de julho de 2017

3ª fase – Não abre candidaturas nesta fase


Data da realização da entrevista - 26 de julho de 2017, a partir das 14h


Local de candidatura

Candidatura on-line em https://inforestudante.uc.pt/nonio/security/candidaturas.do


Condições de acesso - Podem candidatar-se ao acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre em Saúde Ocupacional:

a) Titulares de grau de licenciado, mestrado integrado, mestrado, ou habilitação legalmente equivalente, nas áreas de Medicina, Medicina Dentária, Ciências da Saúde, Enfermagem, Psicologia, Engenharia, Tecnologias da Saúde, Ergonomia, Segurança e Saúde Ocupacional, Segurança do Trabalho. Técnicos Superiores de Higiene e Segurança do Trabalho, desde que previamente titulares de grau de licenciado, mestrado integrado ou mestrado. Excecionalmente, após apreciação curricular pelo Conselho Científico, poderão ser admitidos à candidatura licenciados ou mestres em outras áreas;

b) Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo nas áreas indicadas na alínea a);

c) Titulares de um grau académico superior estrangeiro nas áreas indicadas na alínea a) e que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo órgão científico estatutariamente competente do estabelecimento de ensino superior onde pretendem ser admitidos;


Observações

Para mais informações, deverá consultar o site:
http://www.uc.pt/candidatos/

Equipa docente (Informação provisória)

Profª. Doutora Anabela Mota Pinto (FMUC); Profª. Doutora Ana Todo Bom (FMUC); Prof. Doutor António Jorge Ferreira (FMUC); Engº António Neto Simões; Profª. Doutora Bárbara Oliveiros (FMUC); Prof. Doutor Carlos Alberto Fontes Ribeiro (FMUC); Prof. Doutor Duarte Nuno Vieira (FMUC); Profª. Doutora Filomena Botelho (FMUC); Profª. Doutora Helena Maria Teixeira (FMUC); Engª Isabel Lança; Dr. João Crisóstomo Borges (FMUC); Prof. Doutor João Páscoa Pinheiro (FMUC); Prof. Doutor Manuel Quartilho (FMUC); Prof. Doutor Marcos Barbosa (FMUC); Profª. Doutora Margarida Gonçalo (FMUC); Profª. Doutora Margarida Pedroso de Lima (FPCEUC); Doutora Mariana Moura Ramos (FPCEUC); Prof. Doutor Nélson Costa (Univ. do Minho); Prof. Doutor Paulo Moura (FMUC); Profª. Doutora Paula Bernardo Tavares (FCDEFUC); Prof. Doutor Ricardo Vieira (FMUC); Prof. Doutor Rui Teixeira (Instituto Politécnico de Viana do Castelo); Prof. Doutor Salvador Massano Cardoso (FMUC); Dra. Sara Freitas (FMUC)

Local e horário de funcionamento

Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (Pólo 1) – Serviço de Higiene e Medicina Social, às 2ªs e 4ªs feiras, das 14:00 horas às 20:00horas