Universidade de Coimbra | www.uc.pt

link voltar a UC.PT Universidade de Coimbra
Imagem de identificação do subsite Imagem de apresentação do subsite
Imprimir Tamanho de Letra Normal Aumentar Tamanho da Letra Aumentar Tamanho da Letra

Micorrizas nos Cervunais do PNSE

Micorrizas - Tipos de Micorrizas - EcologiaImportância fisiológica – No PNSE - Recuperação Pós-Fogo 

Nos cervunais do Parque Natural da Serra da Estrela (PNSE) predominam as gramíneas, com especial destaque para o cervum (Nardus stricta L.), Festuca sp., Agrostis sp e outras herbáceas, pelo que será de esperar o domínio das micorrizas arbusculares (Fig. 2).


Fig. 2. Esquemas modificados de http://invam.caf.wvu.edu/ e Azul, A.M. (2002
Fig. 2. Esquemas modificados de http://invam.caf.wvu.edu/ e Azul, A.M. (2002)

A presença de Erica sp. (Família Ericaceae) e Halimium lasianthum (Lam.) Spach. subsp. alyssoides (Lam.) Greuter (Família Cistaceae) nas áreas em estudo pressupõe a existência de fungos Ascomycotina e Basidiomycotina e a formação de micorrizas ericóides e de ectomicorrizas, respectivamente.

   
Arbúsculos de N. stricta em M. óptica de fluorescência

Fig. 3a Arbúsculos de Nardus stricta visualizados em microscopia óptica de fluorescência.

 Raízes de N. stricta coradas com fucsina ácida

Fig. 3b Raízes de Nardus stricta coradas com fucsina ácida.

 Raízes de N. stricta coradas com T. da China

Fig. 3c Raízes de Nardus stricta coradas com tinta da china (seguindo o método de Azul e colaboradores, 2008).

© University of Coimbra · 2009
Portugal/WEST GMT · S:184
Símbolo de Acessibilidade à Web.Loja VirtualAviso LegalComentáriosContactosMapa do Sitevoltar ao topo
POS_C FEDER
QWeb Boas Praticas