a carregar...

CEIS20

Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX

Afonso Costa: Biografia Intelectual e Política (1871-1937)

Jorge Pais de Sousa

Grupo de Investigação História e Memória




É investigador integrado, desde 2009, no CEIS20, onde faz parte do Grupo História e Memória. Publicou, entre outros e mais recentemente, o livro O Fascismo Catedrático de Salazar: Das Origens na I Guerra Mundial à Intervenção Militar na Guerra Civil de Espanha 1914-1939 (Coimbra, 2011), que tem prefácio de Alberto De Bernardi e foi tese de Doutoramento. Em resultado de concurso público internacional, obteve, em 2011, uma Bolsa de Pós-Doutoramento da FCT para o projeto de investigação: “Afonso Costa: Biografia Intelectual e Política (1871-1937)”. Tem como orientador científico o Prof. Doutor Rui de Figueiredo Marcos, que é professor catedrático de História do Direito na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. A investigação teve início a 1 de janeiro de 2012 e fica concluída em dezembro de 2017.

É coorientador das teses de doutoramento de Ana Boavida (Universidade de Coimbra) e de Eliana Rosa (Universidade de Santiago de Compostela).

No decurso dos estudos de Pós-Doutoramento tem publicado diferentes artigos e ensaios, entre seminários e conferências, bem como organizado simpósios sobre socialismo, em Portugal e no estrangeiro, em resultado do aprofundamento da investigação. Tem, ainda, emitido pareceres como consultor (referee), no âmbito do processo de arbitragem (peer review) de publicação de artigos científicos em revistas da especialidade portuguesas e estrangeiras.

Colaborou, no âmbito das Comemorações do Centenário da República, no Dicionário de História da I República e do Republicanismo. Lisboa: Assembleia da República, 2013-2014, cujos três volumes estão em publicação.

Publicou os seguintes ensaios em 2013: “Afonso Costa: Republicanismo Socialista e Ação Política (1887-1911)” em Intellèctus: Revista Eletrônica, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), em www.intellectus.uerj.br/Textos/Ano12n1/JORGE_PAIS_DE_SOUSA.pdf; “Existiu uma fração socialista no Partido Republicano? Os casos paradigmáticos de Magalhães Lima e Afonso Costa. A difusão do socialismo no Brasil”, em História Revista: Revista da Faculdade de História e do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Goiás do Brasil, em www.revistas.ufg.br/index.php/historia/article/view/29854/16497 ; “O Estado Novo de Salazar como um Fascismo Catedrático: Fundamentação Histórica de uma Categoria Política”, em Intellèctus: Revista Eletrônica, em http://www.intellectus.uerj.br/Textos/Ano12n2/artigo_jorge_pais.pdf.

No ano de 2104 publicou: “Afonso Costa e Manuel Teixeira Gomes na missão que negociou em Londres, no verão de 1916, as condições financeiras para a participação de Portugal na I Guerra Mundial. Na proto-história da integração europeia” na Revista Universitária de História Militar da Universidade de Cádiz, em www.revista-historiamilitar.org/

Aguardam publicação, em livros de Actas, os textos seguintes que resultaram das comunicações realizadas: no Colóquio Internacional “A Cultura do Poder: A Propaganda nos Estados Autoritários” que decorreu, entre 20 e 23 de março de 2013, na ilha de Sain Símon, Pontevedra, na Universidade de Vigo: “A propaganda nas ditaduras sidonista e salazarista (1917-18 e 1933-37). Afonso Costa como inimigo político, contrapropaganda e perseguição política”; no “Congresso República e Republicanismo”, que decorreu na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, de 4 a 5 de outubro de 2013, promovido pelo Centro República, numa organização conjunta do IHC – UNL e do CEIS20 - UC, comunicou: “Existiu uma fração socialista no Partido Republicano? Os casos paradigmáticos de Magalhães Lima e Afonso Costa“.

A proposta de comunicação “O exílio político de ex-governantes e a luta antifascista: Afonso Costa (Portugal), Francesco Nitti (Itália) e Washington Luís (Brasil) foi aceite para ser apresentada nas: “II Jornadas de trabajo sobre Exilios Políticos del Cono Sur en el siglo XX. Agendas, problemas y perspectivas conceptuales”, que terão lugar de 5 a 7 de novembro na Universidade la República, em Montevideu; e no IIº Congresso de História Intelectual da América Latina na Universidade de San Martín, em Buenos Aires, de 12 a 14 de novembro de 2104.

Tem a seu cargo o processo de redação de Estatutos para a criação das seguintes sociedades científicas: Intellectus – Associação Internacional de Estudos Intelectuais e Poder; Associação Internacional de Estudos sobre Fascismo e Antifascismo.

Organizou o “1.º Encontro na Diferença: Investigações de Pós-Doutoramento no CEIS20” que decorreu a 24 de junho de 2014