a carregar...

CEIS20

Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX

Afirmação identitária e reivindicação política. O caso dos Açores: do primeiro ao segundo movimentos autonomistas (1890-1926)

Lusa Ponte

Grupo de Investigação Europeísmo, Atlanticidade e Mundialização


Resumo:

Pretendemos estudar a imprensa cultural e política açoriana, de finais do século XIX e do primeiro terço do século XX, bem como a principal produção editorial da época, na qual se exalta a singularidade da terra e do povo açorianos. É nosso propósito analisar as relações entre os movimentos culturais dos Açores e o discurso político autonomista, num tempo de efervescência dos movimentos regionalistas europeus e nacionais e, como tal, de afirmação das identidades regionais.

Considerando-se o princípio de que as regiões se consolidam como realidades políticas pela afirmação de um campo cultural que progressivamente se autonomiza (Pierre Bourdieu), é relevante apurar o nível de “autonomização” do campo cultural açoriano e a forma como o discurso político o assume, integrando a dimensão cultural identitária na argumentação e legitimação autonomistas, assim transcendendo a narrativa pragmática de eficácia administrativa, que tinha por base exclusiva as realidades geográfica, económica e social.


Palavras-chave: campo cultural, identidade, autonomia, região


Identificação: Projeto de pós-doutoramento financiado pelo Fundo Regional da Educação, Ciência e Cultura – Programa de Bolsas de Investigação, e cofinanciado pelo FSE/PRO-EMPREGO e pelo Governo Regional dos Açores. Referência da bolsa: M3.1.7/F/017/2011.


Instituição de acolhimento: Centro de Estudos Gaspar Frutuoso, Departamento de História, Filosofia e Ciências Sociais da Universidade dos Açores.


Orientação científica: Carlos Alberto da Costa Cordeiro


Publicações:

PONTE, Lusa, “Percursos identitários na diáspora açoriana: o jornal Açores-América (1903)”, in InterDISCIPLINARY Journal of Portuguese Diaspora Studies, vol. 3, 2014, (aceite para publicação).

PONTE, Lusa, “Suplementos culturais, geografia textual e afirmação identitária: um estudo de caso”, communication présentée dans le 5 Congrès International (REELC-ENCLS) “Iles et continents: (re)constructions identitaires”, Madère-Funchal, du 26 au 28 septembre 2013, (aceite para publicação).

PONTE, Lusa, “Os Primórdios do Movimento da Confraternidade Açoriana (última década do séc. XIX): objetivos e simbologia”, in Arquipélago-História. Revista da Universidade dos Açores, Ponta Delgada, vol. 16 (aceite para publicação).

PONTE, Lusa Melo, “Imprensa, cultura e sacerdócio”, BORGES, Artur Goulart Melo, PAZ, Olegário Souza e ALMEIDA, Onésimo Teotónio de (coord. de), in Casa Santa, Mimosa... Olhares sobre o Seminário de Angra, Angra do Heroísmo, Instituto Açoriano de Cultura, 2014, pp. 201-203.

PONTE, Lusa Maria de Melo, “Le supplément Glacial A União das Letras e das Artes (1967-1974) et l’affirmation du champ littéraire açorien (Thèse préparée sous la direction de Mme le Professeur Maria Graciete Besse, et soutenue le 3 décembre 2010, à l’Université Paris Sorbonne – Paris IV) ”, in Plural Pluriel Revue des cultures de langue portugaise, n° 8 printemps-été 2011, URL : http://www.pluralpluriel.org/

PONTE, Lusa Maria de Melo, Le supplément ‘Glacial A União das Letras e das Artes’ (1967-1974) et l’affirmation du champ littéraire açorien. [Online em acesso livre], URL : http://www.e-sorbonne.fr/theses/supplement-glacial-uniao-das-letras-e-das-artes-1967-1974-l-affirmation-champ-litteraire-acor, Abril de 2011, 537p., [TESE de DOUTORAMENTO].

PONTE, Lusa, “Presse açorienne et intervention culturelle – parcours et défis. Une étude de cas”, in CORDEIRO, Carlos, SILVA, Susana Serpa, (coord.), A História na Imprensa e a Imprensa na História. O contributo dos Açores, Ponta Delgada, Centro de Estudos Gaspar Frutuoso da Universidade dos Açores, CEIS20 da Universidade de Coimbra, 2009, pp. 365-382.

PONTE, Lusa, “Les Açores : un archipel bien ancré dans l’Atlantique”, in LACERDA, Daniel (dir.de), Latitudes Cahiers Lusophones, revue bilingue, n° 36, Paris, octobre 2009, pp. 61-65.