a carregar...

CEIS20

Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX

Saúde e modernidade em Ricardo Jorge. Estudo bio-bibliográfico

Rui Pinto Costa

Grupo de Investigação História e Sociologia da Ciência e da Tecnologia

Resumo:

Ricardo Jorge, pela importância que teve na vida científica, sanitária e médico-política portuguesa é uma figura incontornável. Médico, cientista, higienista, climatologista, hidrologista, escritor, ensaísta, polemista, crítico de arte e político, Ricardo Jorge redigiu mais de duas centenas de trabalhos, sendo que algumas das suas obras marcaram decisivamente os rumos da higiene e medicina social portuguesa.

A existência de algumas incursões mais recentes no âmbito biográfico ou comemoracionista, nomeadamente nos 150 anos do nascimento de Ricardo Jorge, ainda não conseguiram, a nosso ver, realizar um estudo de síntese e de teor reflexivo sobre a bio-bibliografia deste personagem seminal da renovação do panorama científico português no último quartel do século XIX e primeira metade do século XX.

Personagem fundamental para a compreensão cabal da reforma da ciência e dos paradigmas sanitários portugueses, o campo de estudo historiográfico que rodeia Ricardo Jorge continua em aberto mesmo com as publicações que foram entretanto realizadas a propósito dos seus 150 anos do nascimento.


Objectivos:

1. Estudar a actividade científica de Ricardo Jorge (1858-1938), figura cimeira da higiene pública em Portugal no contexto internacional médico-científico e no quadro das ciências da saúde em Portugal da segunda metade do século XIX e primeiro quartel do século XX;

2. Estudar a recepção das ideias científicas em Portugal, no que concerne à higiene pública, e sua materialização, nomeadamente a fundação de instituições científicas de ensino, de investigação e de serviço à comunidade, no domínio das ciências da saúde com interesse para a higiene pública;

3. Estabelecer o quadro de relações científicas entre as diversas disciplinas envolvidas na afirmação científica da higiene pública; objectivar a higiene científica enquanto construção interdisciplinar, seus condicionalismos sócio-políticos, a sua dependência dos avanços intra-científicos e o seu perfil holístico;

4. Caracterizar, sob o ponto de vista da história das ciências da saúde, um dos personagens mais relevantes da história da medicina e da saúde portuguesas, avaliando o contributo de Ricardo Jorge para o progresso da consciência social higienista.


Palavras-chave:

História das Ciências da Saúde, higienismo, Ricardo Jorge.


Orientação científica: Prof. Dr. João Rui Pita; Profª Drª Ana Leonor Pereira


Artigos em publicações nacionais indexadas:

COSTA, Rui Manuel Pinto - Sob o olhar da construção da memória: Ricardo Jorge na tribuna da história. CEM. Cultura, Espaço & Memória. Porto. Nº 5, 2014. (No prelo)

Artigos em publicações internacionais indexadas:

COSTA, Rui Manuel Pinto; VIEIRA, Ismael Cerqueira – O lugar da medicina tropical nas dissertações da escola médica portuense (1875-1923). História, Ciências, Saúde – Manguinhos. Rio de Janeiro. 2014. (No prelo)

Comunicações em eventos científicos:

COSTA, Rui Manuel Pinto - Ricardo Jorge biografado: reconfigurações históricas. Comunicação apresentada nas Oficinas de investigação do CITCEM 2013, subordinadas ao tema: «A História em torno da saúde e assistência: enfermidades, instituições, saberes e personagens», realizada no CITCEM, Faculdade de Letras da Universidade do Porto em 8 de Novembro de 2013.

COSTA, Rui Manuel Pinto - O uso terapêutico das águas: Ricardo Jorge e as águas termais das Caldas do Gerês. Comunicação proferida no 14º Colóquio Internacional Temas de Cultura Científica “Marés de águas científicas & Ares de águas que curam”, organizado pelo Grupo de História e Sociologia da Ciência e da Tecnologia do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20) da Universidade de Coimbra, realizada no CEIS20, a 18 de Março de 2013.