a carregar...

UC.PT

Imprensa da Universidade

Fernando Jorge da Ponte de Lima Barreto

Nasceu em Vinhais, a 26 de Dezembro de 1947. Faleceu em Lisboa, a 9 de Julho de 2011. Licenciou-se em História da Arte, pela Faculdade de Letras do Porto, em 1973, tendo sido assistente das cadeiras de Introdução às Ciências Humanas, Crítica da Cultura e Estética, na mesma Faculdade e ESBAP (1974-1978). Concluiu o Doutoramento, em 2010, na Universidade Nova de Lisboa, com a tese "Estética da Comunicação Musical - A Improvisação". Reconhecido músico, escritor, radialista, conferencista, improvisador e musicólogo, fimdou o Anar Band, com Rui Reininho (1972), a Associação de Música Conceptual, com Carlos Zíngaro (I 973), os Telectu, com Vitor Rua (1981) e o duo Zul Zelub, com Jonas Runa (2007). Tocou e gravou, entre outros, com Jean "Saheb" Sarbib, Elliot Sharp, Chris Cutler, Sunny Murray, Jac Berrocal, Louis Sclavis, Daniel Kientzy, Giancarlo Schiaffini, Evan Parker, Gerry Hemingway, Paul Lytton e Eddie Prévost. Realizou concertos em Portugal, Alemanha, Brasil, &panha, Cuba, Perú, URSS, EUA, China, etc., e deu conferências em vários desses países. Panicipou na rádio com os programas Musonautas (Rádio Comercial 1982-1995) e Onda Jazz (Rádio Macau 1989). Editou cerca de uma vintena de livros dedicados a diversos tipos de música, dos quais se poderão destacar Revolução do Jazz (1972), Jazz Off (1973), Grande Música Negra, Rock Tripp (1974), Rock e Droga (1982), Música Minimal Repetitiva (1990), Música e Mass Media (1996), Musa Lusa (1997) ou B-Boy (1998). A 02 de Agosto de 2013 é-lhe atribuído, a título póstumo, pela Câmara Municipal de Vinhais, um Louvor Público e a Medalha de Mérito Municipal, numa cerimónia que teve lugar no Centro Cultural Solar dos Condes de Vinhais. A 04 de Julho de 2014 arranca, em Vinhais, a 1. ª Bienal "JLB - Arte é vida e vida é arte!". Durante os dias 16 e 17 de setembro, de 2 O1 6, realiza-se a 2. ª Bienal - JLB.

Obras publicadas na IUC:

Estética da comunicação musical - a improvisação