a carregar...

UC.PT

Imprensa da Universidade

A beleza e o mármore: o tratado de architectura de Vitrúvio e o Renascimento

beleza

Autor: Mário Henrique S. D'Agostino
Língua: Português
ISBN: 978-989-26-0248-6 (IUC) / 978-85-391-0125-2 (Annablume)
ISBN Digital: 978-989-26-0849-5
DOI: http://dx.doi.org/10.14195/978-989-26-0849-5
Editora: Imprensa da Universidade de Coimbra/Annablume
Edição: 1.ª
Data: Outubro 2012
Preço: 12,00 €
Dimensões: 230 mm x 150 mm
N.º Páginas: 256


Sinopse:

De architectura libri decem, de Vitrúvio, é o único tratado de arquitetura que sobreviveu, em sua íntegra, da Antiguidade. Redigido no momento em que Roma magnifica-se com esplêndidas obras marmóreas, seu propósito, informa-nos o autor, é instruir o imperador César Augusto e o público culto sobre a importância da arquitetura, reservando à beleza lugar proeminente. Pela consulta de numerosos escritos, gregos em maioria, Vitrúvio consuma na arte da edificação um ajuizamento ético do belo cuja origem remonta à Grécia Clássica. Sobre seu valor, valem as palavras do Sócrates platônico: "Que sentido terá viver se desconhecermos o significado da beleza?" (Hípias Maior)

A Beleza e o Mármore convida-nos a pensar nessa elevada definição da arquitetura, em suas acolhidas ou condenações, do Renascimento aos nossos dias.

carrinho3