a carregar...

UC.PT

Imprensa da Universidade

Virchow: medicina, ciência e sociedade no seu tempo

Autor: Marco Steinert Santos
Língua: Português
ISBN: 978-989-8074-45-4
ISBN Digital: 978-989-26-0503-6
DOI: http://dx.doi.org/10.14195/978-989-26-0503-6
Editora: Imprensa da Universidade de Coimbra
Edição: 1.ª
Data: Setembro 2008
Preço: 10,50 €
Dimensões: 240 mm x 170 mm
N.º Páginas: 154


Sinopse:

A presente obra tem por pano de fundo a passagem da medicina tradicional/empírica para a medicina moderna/científica, nomeadamente a partir da década de 40 do séc. XIX. Incindivelmente ligado a esta revolução surge o vulto de Virchow, personagem central desta obra. Actualmente, Virchow apenas é conhecido dos médicos, inter alia, por ser o pai da patologia celular; mas ele foi muito mais do que isso. Na verdade, a vida e actuação de Virchow distinguem-se não só na ciência médica, mas igualmente em ciências emergentes do seu tempo, como o foram a antropologia e a arqueologia. Simultaneamente foi um eminente político, quer ao nível da civitas (Berlim), quer a nível nacional (deputado no Landtag do Estado da Prússia e deputado no Reichstag). Em muitos aspectos, particularmente em termos de política da saúde, os seus pensamentos continuam actuais, modernos, e em parte, por realizar, pelo que só por isso, se aconselharia uma leitura reflectiva aos actuais responsáveis pela saúde, bem como aos seus profissionais. Em suma: o Virchow que aqui se quer dar a conhecer é alguém que continua a ser um exemplo, de vida e de vitalidade, em termos científicos, políticos, morais e, sobretudo, humanos/humanitários.

Índice e Introdução - PDF

carrinho3