Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Vidas de Galba e Otão *

galbaotao

Autor: Plutarco • José Luís Lopes Brandão (Tradução do grego, introdução e notas)
Língua: Português
ISBN: 978-989-26-0276-9
ISBN Digital: 978-989-26-0287-5
DOI: http://dx.doi.org/10.14195/978-989-8281-49-4
Editora: Imprensa da Universidade de Coimbra/Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos
Edição: 1.ª
Data: 2012
Preço: 10,00 €
Dimensões: 160 mm x 230 mm
N.º Páginas: 128

Sinopse:

Depois da morte de Nero, o último representante da dinastia dos Júlio-Cláudios, em Junho de 68 d.C., o Império Romano entrou em crise. Os conflitos, que se estenderam por ano e meio, geraram quatro imperadores, que desfilaram no Palatino como atores num palco: Galba, Otão, Vitélio e, por fim, Vespasiano, o único que se impôs e deu início à dinastia dos Flávios. Plutarco atribui esta instabilidade aos soldados, que colocavam a satisfação da sua cobiça à frente dos juramentos prestados. 
Nestas duas Vidas, assistimos à aclamação de Galba, na Hispânia; ao golpe de Otão, aclamado em Roma pelos pretorianos; e à vitória de Vitélio, que os exércitos da Germânia tinham, por sua vez, aclamado.
As Vidas de Galba e Otão representam a porção que sobreviveu na íntegra das Vidas os Césares de Plutarco – coletânea que abarcaria os sucessivos imperadores romanos, a começar em Augusto e a terminar em Vitélio.

carrinho3