a carregar...

UC.PT

Imprensa da Universidade

Guia de Fundos do Arquivo da Universidade de Coimbra

GuiadeFundosdoAUC

Coordenador: José Pedro Paiva
Língua: Português 
ISBN Digital: 978-989-26-1021-4
DOI: http://dx.doi.org/10.14195/978-989-26-1021-4
Editora: Imprensa da Universidade de Coimbra 
Edição: 1.ª 
Data: Julho 2015 
Dimensões: 230 x 160 mm 
N.º Páginas: 752


Sinopse:

O objetivo primordial deste Guia é o de atualizar os instrumentos de pesquisa arquivística do acervo custodiado no AUC, fornecendo uma informação geral dos 526 fundos arquivísticos e coleções existentes, permitindo que se obtenha uma visão ampla da diversidade de instituições produtoras e da informação por elas gerada.

Longínquo está o ano 1973 que trouxe a público o primeiro volume do Boletim do AUC, edição que o Doutor Torquato de Sousa Soares pretendeu deixar ao terminar o seu mandato à frente dos destinos do Arquivo. Esse tomo foi integralmente dedicado à publicação de um Guia do Arquivo da Universidade de Coimbra, em cumprimento da Portaria nº 481/73, de 13 de julho, e ali se apresentava, de acordo com os critérios arquivísticos da época, a descrição geral do acervo.

Nos 42 anos que perpassam entre esse Guia e o que agora se disponibiliza, muitas etapas ocorreram na vida da instituição e também nas diretivas aprovadas internacionalmente para a elaboração das descrições arquivísticas. Acresce que o Arquivo da Universidade de Coimbra, porque é simultaneamente Arquivo Distrital, conservou por muitos anos nos seus depósitos, sob sua custódia, variada documentação dos seus congéneres da zona centro do país, como foram os casos dos arquivos distritais de Aveiro, Castelo Branco, Guarda, Leiria, Santarém, Viseu, concluindo‑‑se, apenas em 2007, a devolução da documentação pertencente a esses distritos. Por outro lado, apesar de, no essencial, muita da informação inserida no primeiro Guia acima referido continuar válida, outra há, porém, que carece de revisão profunda, seja por desatualização natural dos príncipios que basearam a sua elaboração, seja pela transferência da documentação para outros arquivos distritais, seja ainda pelo enriquecimento continuado dos fundos documentais do AUC, em consequência das incorporações obrigatórias ou aquisições.

PDFebook