a carregar...

UC.PT

Imprensa da Universidade

Museus para o povo português

Museus para o Povo Português

Autora: Joana Damasceno
Língua: Português
ISBN: 978-989-8074-94-2
ISBN Digital: 978-989-26-0195-3
DOI: http://dx.doi.org/10.14195/978-989-26-0195-3
Editora: Imprensa da Universidade de Coimbra
Edição: 1.ª
Data: Novembro 2010
Preço: 12,72 €
Dimensões: 240 mm x 170 mm
N.º Páginas: 188


Sinopse:

O Museu de Arte Popular e o discurso etnográfico do Estado Novo.

Foi profícua a fundação de museus de etnografia durante o período do Estado Novo.

Com a Exposição do Mundo Português e o chama­do Plano dos Centenários, desenvolvido a partir de 1937, surgiu a ideia, proposta por Luís Chaves, de criar museus regionais nas capitais de Distrito, com o intuito de guardar as memórias locais.

Com o mesmo propósito, foram criados, ao longo da década de 40, pequenos museus rurais, nas Casas do Povo, que se desenvolveram um pouco por todo o país. A proximidade destas instituições às popula­ções não foi descurada, aproveitando-a para enalte­cer um ideal rural.

Tudo isto, enquanto nascia na capital o Museu de Arte Popular, com raízes na grande exposição de 1940.

A obra Museus para o Povo Português tenta refletir a componente ideológica que o Estado transportou para a criação deste tipo de museus, tomando o Mu­seu de Arte Popular como referência e a etnografia como elemento de união de todo o povo português, com diferenças, mas também com vários traços co­muns nas crenças, na religião e nos costumes.

Sumário - PDF

carrinho3