a carregar...

UC.PT

Imprensa da Universidade

Cognition et émotions

Coordenador: Gilles Kirouac
Língua: Francês
ISBN: 972-8704-19-4 (Portugal) / 2-7637-8118-7 (Canadá)
ISBN Digital: 978-989-26-0805-1
DOI: http://dx.doi.org/10.14195/978-989-26-0805-1
Editora: Imprensa da Universidade de Coimbra/Les Presses de L'Université Laval
Edição: 1.ª
Data: Maio 2004
Preço: 16,00 €
Dimensões: 240 mm x 170 mm
N.º Páginas: 223


Sinopse:

O estudo das emoções e o reconhecimento crescente do papel que elas desempenham, em interação com outros processos bio-psico-socio-axiológicos, no desenvolvimento do homem e das sociedades humanas mantêm-se de grande atualidade científica, continuando a suscitar a curiosidade de inúmeros investigadores cujos trabalhos permitem avanços significativos no conhecimento da natureza das emoções e dos modos como elas interagem na construção do comportamento das pessoas e das comunidades humanas. Os trabalhos científicos reunidos neste volume incidem sobre os processos de mediação e de interação das atividades cognitivas e das emoções que são suscitadas perante diversas situações de vida. Além da sua persistente atualidade, o interesse teórico e prático deste domínio de investigações ultrapassa as fronteiras da Psicologia para se situar num plano verdadeiramente interdisciplinar. Com efeito, para além de estudos centrados sobre o esclarecimento de problemas clássicos na compreensão das emoções, como os que se reportam à sua natureza, origem e sequência temporal dos seus componentes fisiológicos e psicológicos, ou, ainda, os que procuram esclarecer o papel da expressão facial ou da expressão linguística nas experiências emocionais, este volume integra também estudos que procuram evidenciar as relações entre as emoções, as atividades cognitivas e os processos geradores de doenças e de sofrimento. É o caso, por exemplo, do estudo que relata os resultados das investigações respeitantes às relações entre experiências emocionais e alterações do sistema imunitário. É igualmente o caso do estudo que descreve as pesquisas no campo das relações entre a perceção dos sintomas característicos de doenças mortais e as experiências emocionais que dessa perceção emergem, tais como a dor, o medo, o sofrimento irremediável, a ansiedade perante a proximidade da morte. Estes últimos estudos, cada vez mais numerosos, ajudam a alargar o domínio pluridisciplinar dos cuidados paliativos, domínio de investigação e de intervenção prática, cuja importância social, médica e psicológica será crescentemente reconhecida num futuro muito próximo. Ao publicar pela primeira vez um volume em língua francesa, a Imprensa da Universidade pretendeu corresponder ao desafio do alargamento do seu espaço de difusão, em associação com a Imprensa da Universidade de Laval, alargamento potenciado pela diversidade das nacionalidades de origem dos autores dos diferentes capítulos, todos eles investigadores com obra relevante no domínio das emoções.

Prefácio - PDF

carrinho3