a carregar...

UC.PT

Imprensa da Universidade

O poder local em tempo de globalização: uma história e um futuro *

Coordenador: Fernando Taveira da Fonseca
Língua: Português
ISBN: 972-8704- 32-1 (IUC) / 972-8809-11-5 (CEFA)
ISBN Digital: 978-989-26-0439-8
DOI: http://dx.doi.org/10.14195/978-989-26-0439-8
Editora: Imprensa da Universidade de Coimbra/Centro de Estudos e Formação Autárquica
Edição: 1.ª
Data: Junho 2005
Preço: 18,00 €
Dimensões: 240 mm x 170 mm
N.º Páginas: 293


Sinopse:

Reúnem-se neste volume os contributos de diversos especialistas – historiadores, sociólogos e personalidades políticas – expressamente convidados a refletir, em reunião científica, sobre as implicações do fenómeno da globalização na vida e no exercício do Poder, no seio das comunidades locais. Caracterizando-se por uma extraordinária intensificação das interações económicas, sociais, políticas e culturais, derivada da revolução nas tecnologias da informação e da comunicação, pela quase eliminação das fronteiras, no que respeita à produção, à finança e à mobilidade de pessoas, e pelo acentuar das desigualdades sociais, a globalização traz também consigo a reafirmação dos particularismos, das identidades étnicas e religiosas, das diversidades regionais e locais. Foi precisamente esta dialética entre o global e o local o fulcro da reflexão que se pretendeu levar a cabo. Primeiramente, a partir de uma prospeção histórica, cobrindo um amplo lapso temporal, desde a Idade Média aos tempos atuais: privilegiando o espaço português – o continental, o insular e o ultramarino – foi possível captar um variado e rico leque de experiências e modalidades de exercício do Poder Local em diversas escalas – os municípios e os senhorios, as cidades e o meio rural –, traçar o perfil dos protagonistas, compreender a articulação, por vezes complexa, entre os seus diversos pólos, assim como a problemática do ordenamento do território. Sobre o alicerce da História se fez então a análise da realidade presente, na sua objetividade e na tensão para o futuro, considerando os sinais dos tempos, que o inquérito sociológico interpreta e a ação política converte em instrumentos para um projeto de mudança. O conjunto de estudos que agora se publica pretende, assim, ser um contributo para a tomada de consciência dos desafios que se colocam às comunidades locais no que toca à gestão dos seus recursos, à preservação da sua identidade e ao reforço da sua coesão interna, num contexto de abertura ao mundo e de inteligente aproveitamento das múltiplas potencialidades que ela traz consigo.

carrinho3