a carregar...

Jardim Botânico

noticias

Jardim Botânico no Ponto de Gravidade

Publication date: 21-02-2018 14:46

Ciclos temáticos de conversas, 17 de março a 21 de abril. em Lisboa


PONTO DE GRAVIDADE  foto

17 MARÇO A 21 DE ABRIL | SÁBADOS ÀS 18H - CÃO SOLTEIRO | RUA DO POÇO DOS NEGROS 120, LISBOA

30 ABRIL | SEGUNDA ÀS 14:30H – JARDIM DO PRÍNCIPE REAL

TODAS AS SESSÕES TÊM ENTRADA LIVRE.


O Jardim Botânico da Universidade de Coimbra vai estar em Lisboa de março a abril para fazer o Ponto de Gravidade.

Ponto de Gravidade é o nome dado aos ciclos de conversas relativamente informais organizadas pelo Cão Solteiro desde 2016. Convidam-se investigadores, cientistas, pensadores, artistas e autores de reconhecido mérito a trazer a sua experiência e conhecimento especializado para conversas com o público, num ambiente liberto da liturgia dos grandes colóquios e num registo mais informal e de proximidade que atenua a timidez habitual do público e promove, efectivamente, a livre troca de ideias.

O ciclo deste ano será um conjunto de Conversas sobre Plantas, organizado em parceria com o Jardim Botânico da Universidade de Coimbra e para o qual foram convidados investigadores das áreas da biologia vegetal, da ecologia e da geografia física que vão falar da vida amorosa das plantas, das plantas invasoras, das suas relações com os outros seres vivos e ecossistemas e dos perigos a que elas estão sujeitas com as mudanças climáticas, tal como da nossa evidente dependência em relação a elas.

E porque é de pequenino que se torce o pepino, o ciclo acaba com uma conversa muito especial com crianças no Jardim do Príncipe Real, numa iniciativa com o apoio da Junta de Freguesia da Misericórdia. Ao Ponto de Gravidade junta-se também Filipa Valladares da Livraria STET, que acompanhará as conversas para adultos estabelecendo pontes entre livros e os temas propostos.



17 MARÇO

OS SEGREDOS DA VIDA AMOROSA DAS PLANTAS | SÍLVIA CASTRO *

Na sua vida amorosa, as plantas podem ser desde ultraliberais a ultraconservadoras. Para deixarem descendência, desenvolveram uma fascinante diversidade de formas florais e de estratégias reprodutoras.

* É atualmente investigadora no Centro de Ecologia Funcional e Jardim Botânico da Universidade de Coimbra. Licenciada e doutorada em Biologia pela Universidade de Aveiro, tem desenvolvido investigação em diversas áreas da biologia de plantas, desde a taxonomia à ecologia, tendo um particular fascínio pela área da biologia reprodutiva das plantas com flor.

24 MARÇO

FLORES AMARELAS POR TODO O LADO: NOTAS SOBRE PLANTAS INVASORAS | ELIZABETE MARCHANTE *

Muitas das plantas que vemos com flores amarelas nos primeiros meses do ano são plantas vindas de outras paragens que se estabeleceram por cá mas que são invasoras. Mas, o que são plantas invasoras? Venha descobrir e conhecer algumas.

* É Doutorada em Biologia, especialidade em Ecologia, pela Universidade de Coimbra. Participou em mais de 20 projectos de investigação com plantas invasoras, onde colaborou com cientistas nacionais e estrangeiros. Colabora desde 2003 na página invasoras.pt.

7 ABRIL

AS ÁRVORES DIANTE DO TEMPO | CRISTINA NABAIS *

Se perguntares a uma árvore "O que é o tempo?", ela responderá, "O tempo é uma sequência de anéis."

* Professora auxiliar do Departamento de Ciências da Vida da Universidade de Coimbra na área de Ecologia e Ecofisiologia de plantas. Coordena o laboratório de investigação em dendrocronologia.

14 ABRIL

POSSO COMER-TE? CONVERSAS ENTRE FUNGOS E PLANTAS... | PEDRO TALHINHAS *

Este diálogo planta-fungo será o mote para uma pequena viagem pelo mundo dos fungos e das suas relações com as plantas e, por essa via, connosco próprios. É licenciado e doutorado em Engenharia Agronómica pelo Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa, onde é investigador trabalhando com fungos fitopatogénicos.

21 ABRIL

MUDANÇAS CLIMÁTICAS: COMO RESPONDEM AS FLORESTAS? | ALBANO FIGUEIREDO *

Como é que as florestas alteram as suas dinâmicas para enfrentar as alterações climáticas?

* É Professor Auxiliar do Departamento de Geografia e Turismo da Universidade de Coimbra e Investigador Integrado no Centro de Estudos em Geografia e Ordenamento do Território (CEGOT) e investigador colaborador no Grupo de Botânica da Madeira.

30 ABRIL

A NOSSA CASA É VERDE | JOANA CABRAL OLIVEIRA * & ANTÓNIO GOUVEIA * Actividade a realizar no Jardim do Príncipe Real Nº participantes: 30 Crianças do 1ºCiclo

* É doutorada em Ecologia Marinha pela Universidade de Coimbra, sendo a sua actividade principal a gestão de projectos e comunicação de ciência no âmbito da Cátedra UNESCO em Biodiversidade e Conservação para o Desenvolvimento Sustentável.

* É diretor do Jardim Botânico da Universidade de Coimbra e investigador da Cátedra UNESCO em Biodiversidade e Conservação para o Desenvolvimento Sustentável. Doutorado em Ecologia, os seus interesses de investigação abrangem a diversidade e ecologia das plantas, a história e comunicação da ciência.