a carregar...

Jardim Botânico

Outras atividades

A importância das leguminosas

Publication date: 17-05-2016 19:44

Feijão

As leguminosas secas são um grupo de 12 culturas que incluem diversos tipos de feijão, favas, ervilhas, grãos e lentilhas. Estas sementes são ricas em proteína, fibras e vitaminas, e são muito populares em países em desenvolvimento, não só pela sua riqueza nutritiva, mas também pelo seu baixo custo de produção.

Algumas, como o grão, fazem parte da gastronomia mediterrânica há milhares de anos e têm sido referenciadas em todo o mundo como a base de uma dieta saudável.
Para além da sustentabilidade económica, sendo uma das culturas mais rentáveis para os agricultores, têm uma grande importância a nível ambiental, pois ajudam a fixar o azoto no solo, tornando-o mais fértil, diminuindo assim a aplicação de fertilizantes.
Em comparação com a produção de outras fontes de proteína, o cultivo de 1kg de leguminosas consome 43 vezes menos água que criação de um quilo de carne de vaca ou 18 vezes menos que um quilo de carne de porco.

Para além do seu importante papel na fertilização dos solos e baixo consumo de água, a produção de um quilograma de leguminosas apresenta também emissões de carbono 19 vezes menores do que as geradas pela mesma quantidade de carne de vaca.

infográfico leguminosas

As leguminosas são também usadas na exploração agropecuária, para alimentar suínos e aves de criação. Todas estas características fazem com que tenham um papel fundamental na alimentação em todo o planeta.

Esta semana destacamos o feijão, cujas diversas variedades são cultivadas pelo Homem há 6.000 anos.

Esta leguminosa é usada em várias expressões populares, como “jogar a feijões” e, na Grécia Antiga, colocava-se um feijão preto e um feijão branco num pote para decidir quem ficava com um emprego. Quem tirasse o feijão branco, ganhava.

Em 2015, foram consumidas mais de quatro toneladas e meia de cinco variedades de feijão nas cantinas dos SASUC, e o mais consumido – feijão-frade (Vigna unguiculata) – tem um grande valor nutricional: 100 gramas equivalem a 123 kcal, 8,8g de proteínas e 18,1g de hidratos de carbono, sendo considerado o bife dos vegetarianos.

Para conhecerem o valor das leguminosas, almocem no Buffet da Sala B da Cantina Central dos SASUC para provarem diversos pratos confecionados com grão, feijão, lentilhas, favas e ervilhas, até dia 15 de Junho.