a carregar...

SIBUC

Semana Internacional do Acesso Aberto

Estudo Geral

Logo Estudo Geral

O repositório digital da produção científica da Universidade de Coimbra (http://estudogeral.sib.uc.pt) pretende reunir e armazenar, em texto integral e em regime de acesso livre, toda a produção científica da UC.

A sua criação insere-se no movimento de Acesso Livre à Literatura Científica (Open Access), ao qual o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas aderiu em 2006. Nesse contexto, foi recomendada a criação de repositórios institucionais e a definição de políticas institucionais de depósito das suas publicações científicas e académicas. A Universidade de Coimbra subscreveu estes princípios no início de 2007 e aprovou o documento “Política de Acesso Livre (open access) da Universidade de Coimbra” que determina a obrigatoriedade de depósito da produção científica da UC no Estudo Geral, em Outubro de 2010.

O projecto de criação do “Estudo Geral” resultou da cooperação do Serviço Integrado das Bibliotecas da Universidade de Coimbra (SIBUC) com o Instituto de Investigação Interdisciplinar da Universidade de Coimbra (IIIUC). O software utilizado é o DSpace (desenvolvido pelo MIT em parceria com a HP), na versão portuguesa da Universidade do Minho. Através do IIIUC foi possível admitir um bolseiro, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), com o objectivo de arquivar documentos no repositório.

O Estudo Geral é agregado pelo RCAAP - Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal (http://www.rcaap.pt/). O projecto de criação do Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal é uma iniciativa da UMIC – Agência para a Sociedade do Conhecimento, IP concretizada pela FCCN – Fundação para a Computação Científica Nacional. A execução do projecto conta ainda com a participação científica e técnica da Universidade do Minho. O projecto é financiado pelo Programa Operacional Sociedade do Conhecimento e pela UMIC.

O RCAAP tem como objectivo a recolha, agregação e indexação dos conteúdos científicos em acesso aberto (ou acesso livre) existentes nos repositórios institucionais das entidades nacionais de ensino superior, e outras organizações de I&D.

É utilizado porque...

Permite o acesso livre a artigos em livros de actas, artigos em revistas internacionais e nacionais, livros e capítulos de livros, publicações pedagógicas, relatórios técnicos, resumos em livros de actas, teses de doutoramento e mestrado e conjuntos de dados em diversos formatos digitais.

Com a utilização do Estudo Geral ganho...

· Maior visibilidade da produção científica. Os documentos depositados no Estudo Geral são pesquisáveis através do RCAAP, da b-on e dos motores de pesquisa mais conhecidos da WEB – Google, Yahoo, .

· Os documentos estão sempre disponíveis, estando o Estudo Geral organizado segundo a estrutura orgânica da UC. A cada uma das comunidades ou sub-comunidades estão associadas as colecções, que reflectem a tipologia documental.

· Os documentos inseridos no Estudo Geral podem associar-se facilmente a plataforma de currículos DeGóis.

Com a utilização do Estudo Geral a UC ganha...

· Guarda a memória intelectual da UC num único sítio, de forma estruturada e facilmente recuperável.

· Aumenta a sua presença na rede informática mundial e consequente visibilidade, a UC desempenha cada vez melhor a sua função de emissor de conhecimento e de cultura.

· Agiliza e desmaterializa o processo de apresentação ao júri da documentação para provas académicas, nomeadamente Provas de Agregação.

A minha conta...

Para adicionar conteúdos ao Estudo Geral é necessário utilizar uma conta de e-mail da Universidade de Coimbra e respectiva password. Para consulta apenas, não é necessária autenticação.

Como depositar ...

O depósito de documentos no Estudo Geral é muito simples. No endereço http://www.uc.pt/sibuc/Instrucoes_repositorios poderá encontrar um pequeno manual de instruções.