Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO

Inscrição nos doutoramentos

A inscrição é feita anualmente?

Sim, mesmo quando apenas há inscrição em tese. Para estar vinculado à UC e a um doutoramento é obrigatória a inscrição no início de cada ano letivo. Apenas assim um Doutorando pode usufruir dos recursos da UC e respetiva orientação nos seus trabalhos de tese.

Quais os prazos de inscrição?

O prazo normal de inscrição em 2019/2020 é igual para todos os Estudantes da UC inscritos no ano anterior de 2018/2019: 22 de agosto a 15 de setembro, 2019. Mas pode haver doutoramentos com situações específicas que impliquem outros prazos, pelo que consulte o aviso na página principal relativo a inscrições com prazos diferenciados »

Onde realizo a inscrição?

Todos os atos académicas, incluindo a inscrição em frequência no ano letivo, são realizados no InforEstudante. O sistema reconhece a inscrição como sendo em regime de tempo integral ou parcial, solicitando ao Doutorando que confirme e aceite a sua inscrição nesse regime.

Que opções tenho na inscrição?

A inscrição pode ser anual ou semestral, e dentro desta, pode optar pela inscrição em regime integral ou parcial de acordo com seguinte resumo:
Regime de inscrição Inscrição
Condições
 % da Propina
Tempo integral Anual
  • Inscrição em mais de 30ECTS, até aos limites da inscrição definidos para o curso
  • Inscrição em anuais, 1º e 2º semestre.
100%
  Semestral
  • Inscrição em mais de 15ECTS, até metade dos limites da inscrição a tempo integral
  • Inscrição só em 1º ou só em 2º semestre.
50%
Tempo parcialAnual
  • Inscrição a <=30ECTS
  • Inscrição em anuais, 1º e 2º semestre..
60%
 Semestral
  • Inscrição a <=15ECTS
  • Inscrição só em 1º ou só em 2º semestre
30%

Até quantos ECTS me posso inscrever em tempo parcial?

De acordo com o n.º 2 do Artigo 16.º do Regulamento Académico, a inscrição em regime de tempo parcial está condicionada à inscrição em unidades curriculares, incluindo tese, que contabilizem:

  • no ano letivo, até 30 ECTS, inclusive; no semestre, até 15 ECTS, inclusive

O que é uma unidade plurianual?

A tese funciona habitualmente como uma unidade curricular plurianual, ou seja, uma unidade cujo funcionamento abrange mais do que um ano letivo, tipicamente, 120ECTS (2 anos letivos) a 240ECTS (4 anos letivos).

Atenção: Em alguns doutoramentos também há unidades plurianuais que acompanham a Tese (seminários de acompanhamento ou de orientação, metodologia científica, entre outras).  

Posso inscrever-me em tempo parcial na tese?

Depende se a Faculdade/Unidade Orgânica responsável pelo doutoramento disponibilizou essa opção. Se sim, é possível a inscrição em tempo parcial, contando apenas os  ECTS correspondentes.
 Para confirmar, consulte o aviso de abertura que define o funcionamento do seu doutoramento para o ano letivo em causa »»

Como funciona a contagem de ECTS na inscrição parcial em Tese?

A contagem de ECTS para a obtenção do valor mínimo após o qual pode entregar a tese e solicitar sua defesa, depende da inscrição realizada em cada ano letivo:
Regime de inscrição Inscrição
Condições da inscrição na tese
Contagem de ECTS
Tempo integral Anual
  • Inscrição e frequência anual, a tempo inteiro
100% do ano
  Semestral
  • Inscrição e frequência apenas num semestre, a tempo inteiro
50% do ano
Tempo parcialAnual
  • Inscrição e frequência anual, a tempo parcial (metade do tempo habitual)
50% do ano
 Semestral
  • Inscrição e frequência apenas num semestre (metade do tempo habitual)
50% do semestre (1/4 do ano)

Quando posso entregar a tese?

Após a obtenção do valor mínimo de ECTS (equivalente ao tempo mínimo para a realização dos trabalhos de tese) definido no seu doutoramento para a tese. Este valor depende da inscrição realizada em cada ano letivo (ver tabela e questão anterior).

Atenção: Para consultar os ECTS contabilizados, clique no icon de "detalhes" existente no final da linha relativa à tese na sua inscrição atual.

Porquê optar por uma inscrição a tempo parcial ?

Tipicamente, devem inscrever-se a tempo parcial os estudantes que, por qualquer razão (por exemplo, trabalhadores-estudantes) não conseguem avançar nos estudos à mesma velocidade dos estudantes a tempo inteiro, ficando assim com o dobro do tempo para completar o doutoramento e um custo anual mais baixo.
Clique para mais informação...Para mais informação consulte a página relativa a "Inscrição apenas num semestre" »